quarta-feira, 1 de junho de 2011

Oficiais são contra o risco de vida

Foto: Página 20
O deputado Moises Diniz (PCdoB) afirmou na manhã de hoje, dia 01, que existem forças “superiores” na PM que dificultam a isonomia do risco de vida. A informação foi dada a um grupo de militares que se encontravam na Assembléia Legislativa. De acordo com o deputado comunista, a gratificação não contempla os mais altos postos das instituições militares, por isso as atenções se voltam para a gratificação da etapa de alimentação, atualmente no valor de cerca de 300 reais, já tratada de forma igualitária.
De acordo com as lideranças militares, o governo ao pensar na etapa alimentação poderá fazer com que o Estado realize mais gastos, gastos esses que poderiam solucionar outros problemas das instituições, como a abertura de mais vagas no Quadro Organizacional (QO), sobretudo no Corpo de Bombeiros, em que a situação é mais lastimável.
Com a isonomia do risco de vida o governo corrige, política e economicamente, um problema de natureza moral e ética, que é tratar a vida de um pessoa superior a da outra. Já que são as praças que correm mais riscos de perderem a vida, o que pode ser comprovado através das escalas de serviço, a pirâmide financeira deveria ser invertida, o que não está sendo reivindicado. Se o governo petista acenar com os 15% de reajuste sobre o total de vencimentos e com a isonomia do risco de vida, o movimento militar cessa, o governo poupa e ambos saem fortalecidos da negociação.
Entretanto, como existe a pressão de oficias contra a isonomia e a equipe de negociação do governo afirmou que não irá premiar indisciplina, tudo indica que as mudanças serão sentidas na etapa alimentação que terá que compensar o que poderia ser ganho na reivindicação de isonomia, o que faria com que os oficiais ganhassem bem mais. A equipe de governo não acenou com qualquer valor incidindo sobre a etapa alimentação, o que gera um ar de desconfiança e preocupação, o que não se vê quando o assunto é o risco de vida.
Estima-se que com os 15% garantidos pelo governo, um coronel ganhe cerca de 1.500 reais (quase o salário bruto de um PM em início de carreira) além das vantagens sobre a etapa alimentação. Um soldado ganharia pouco mais de 250 reais com o percentual divulgado pelo governador Tião Viana, longe de atingir as perdas dos últimos dez anos e o Acre continuaria como um dos Estados que pior paga os militares.
Caso o governo opte pela isonomia, a quantia em dinheiro a ser empregada seria bem menor, já que será realizada uma correção entre postos e graduações e atenderia as necessidades daqueles que ganham menos, tendo ainda a possibilidade de corrigir outras discrepâncias salariais entre postos e graduações.
Meses atrás, um grupo de militares planejou entrar com uma ação no Tribunal de Justiça buscando a isonomia, de acordo com os lideres daquele grupo, caso o governo não faça essa correção, na próxima semana, os militares serão convidados a buscarem seus direitos em âmbito jurídico, mesmo com um aumento na etapa alimentação. Em outras palavras, a luta poderá continuar.
Segundo os militares da comissão que negocia com o governo, eles só poderão falar de forma mais concreta quando as negociações se encerrarem, até lá vão ouvir as propostas do governo e vão levar contrapropostas e, no final de tudo, quem vai decidir é a categoria.

26 comentários:

  1. GREVISTA DO 13 DE MAIO1 de junho de 2011 11:58

    Já decidi: ou o gov paga o risco e desagrada os oficiais, ou agrada os mesmos e estes tiram o serviço de RP, e paramos por tempo indeterminado. SEM RECUAR SEM CAIR SEM TEMER.

    ResponderExcluir
  2. Sou a favor da equiparação do risco de vida pois com a isonomia os que ganham menos teriam um ganho maior. Quem corre mais risco de vida são os praças que estão toda hora nas ruas arriscando suas vidas. Essa gratificação deveria ser invertida o Cel deveria ganhar o que um SD ganha hoje pois ele corre menos risco de morrer, a não ser que pegue uma pneumonia com a frieza do arcondicionado.

    ResponderExcluir
  3. Essa história de jogar a culpa da isonomia para os oficiais, dizendo que nós somos os culpados, não admito. Quando falarem de oficiais citem o nome de quem é contra. Eu, por exemplo, sou a favor da isonomia. Qual o parâmetro para definir o valor de uma vida? Então acho que elas têm o mesmo valor!!!! Sou oficial e a favor da isonomia!

    ResponderExcluir
  4. Ex petista e comunista disse:
    Companheiro!! Camarada! me ajude...
    estamos numa ladeira decendo cada dia mais...
    sacanagem é o PT antes de chegar ao poder ter outro discurso.
    Sacanagem é a verba da imprensa da companhia de selva ser 5 milhões de reais, e no governo Orleir o Dep Polanco entrar com mandado de segurança contra os 2 milhoes que o orleir dava a mesma companhia de selva e hoje voce nem ninguem nao faz nada.
    Sacanagem é a Nahlu Gouveia lavar as escadas do tribunal de contas e hoje estar lá "mamando" 22 mil sem ser bacharel em direito, economia ou contabilidade como manda a Lei.
    Sacanagem e o PT ser contra greve e aumento de salario digno a trabalhador que eram antes de chegar ao poder.
    Sacanagem é voce ser a favor de um governador trabalhar quatro anos e ganhar 25 mil pra sempre,filhos e netos recebendo enquanto eu vou ganhar um salario minimo.
    Sacanagem é voce aprovar seu salario em 100% de uma vez só e o nosso ser 15$ em tres vezes.
    Sacanagem é todos voces cuidarem do excedente e estarem ricos como explanava Karl Marx!!!!
    Me ajude bando de comunistas calhordas!!!
    Voces trairam a causa MArx está se revirando no tumulo enojado de voces pequenos burgueses com os dias contados no poder!!!!

    ResponderExcluir
  5. Mudem agora ou calem-se para sempre !

    ResponderExcluir
  6. pois e como os oficiais sao os donos da policia vai valer o que eles querem?

    ResponderExcluir
  7. Se o governo não equipar o risco de vida agora, será feito depois nem que seja na justiça... Não pretendo dar refresco pra ninguém... Se não for por bem vai por mal... Quem quer respeito tem que antes concedê-lo... Acabou o coronelismo, ou faz acordo ou não governa, isso é democracia.

    ResponderExcluir
  8. mas é muito engraçado mesmo,esses oficiais so querem pra eles é?nos praças nao queremos que aumente a etapa de alimentaçao e sim a equiparaçao do risco de vida,se não for assim vamos dar muita dor de cabeça pra eles(oficiais)

    ResponderExcluir
  9. JORNAL A GAZETA

    Aumento salarial cria clima de diálogo com militares, diz deputado major Rocha
    Qua, 01 de Junho de 2011

    O anúncio do aumento parcelado de 15% do Governo ao funcionalismo em três ou duas parcelas parece ter amenizado os ânimos do militares. Ontem, na Aleac, o deputado major Rocha (PSDB) ensaiava um discurso para os jornalistas muito mais direcionado para o diálogo do que para o confronto. “O Governo acenou com a possibilidade de continuar a nego-ciação conosco”, afirmou.
    Major-Rocha
    O parlamentar de oposição explicou que o aumento linear para todas as categorias deverá ser aprovado em assembléia pelos militares na sexta. “Mas a partir daí o Governo conti-nuará o diálogo com as comissões dos militares para ver quais os pontos da legislação que precisam avançar. Por exemplo, a isonomia do risco de vida em que um soldado ganha R$ 170 e um coronel R$ 700.

    O Governo acenou com a possibilidade de avanço nessas questões após o anúncio. A questão da aceitação ficou para ser decidida em assembléia geral. Mas a princípio, como o diálogo está aberto, acredito que vá haver concordância. Enquanto houver esperança para se conquistar alguma coisa estaremos mobilizados. A categoria está aguardando do Governo um resultado positivo”, ponderou.
    SERÁ ?

    ResponderExcluir
  10. SENHOR GOVERNADOR

    Sei que a equipe do governo tem acesso ao blog e para resolver esse impasse com a PM/BM é muito simples.

    Basta equiparar o risco de vida e dar o percentual prometido que irá acabar quaisquer manifestações. Agora com relação ao OFICIAIS PM/BM todos estão SARTISFEITO, haja vista que foram contra o movimento, e ao afirmar que tal reinvindicação é INJUSTA é pelo simples fato de que estão felizes com seus salários.

    Em suma, senhor GOVERNADOR: Dar de comer a quem tem fome, ajude aos que mais precisam, e corrija essa aberração, pois a vida é igual e como Cristão que o Senhor éS, sabes muito bem disso, converse com o Bispo Dom Moacyr que Ele esplicará direitinho o significado da VIDA...

    ResponderExcluir
  11. Tá escuro. Entre os praças e oficiais, o gov vai escolher os oficiais. Sempre foi assim. No final das contas, somos nós, praças, que carregamos a PM nas costas, há 95 anos.

    ResponderExcluir
  12. Descobri por que a vida de um oficial vale mais que a de um praça: é porque o oficial é por natureza um burocrata, ou seja tem uma vida ociosa, com isso quando eles terminam seus expedientes, vão bater a famosa pelada (clube dos oficiais e campos por ai a fora), aí é que entra a grande probabilidade de os mesmos correrem risco de morte, pois por terem uma vida ociosa, eles podem sofrer um infarto e irem a obito, é por isso que a vida deles vale mais que a dos praças, pois os praças não tem esse privilégio, quando não estão em escala normal, estão fazendo hora extra para completar o salário, tentando dar uma vida digna para seus familiares. Entenderam agora? e nós ainda ficamos maldando dos coitados.

    ResponderExcluir
  13. OFICIAIS P... N... C... NÃO VAI SAIR DO BOLSO DE VCS PERGUNTO A VCS QUANTO OFICIAIS JA MORRERAM EM MISSÕES SÃO OS PRAÇAS Q VÃO AO COMBATE VCS N ARROCHA NADA, OS QUE MORREM É PQ SE MATAM QUANDO DESCOBREM OS CHIFRES Q A MAIORIA DE VCS TEM

    ResponderExcluir
  14. O ditado dos oficiais BM/PM é: "Se não puder ajudar, pelo menos atrapalhe, pois, o importante é participar."

    ResponderExcluir
  15. o governo acha, porque paga esse p.o remunerado ,pensa que esta fazendo muita coisa;oque ele está fazendo na realidade nos sobrecarregar mais ainda, oque ele deveria fazer era reduzir nossa escala de seviço(mas isso seria um sonho),oque ninguem parou é na quantidade de policiais com problemas psicologico e até pisiquiatrico;alguem tem que fazer um estudo sobre essa problemática e colocar exposto para a sociedade!

    ResponderExcluir
  16. Se governo dé a isonomia do risco de vida vai acontecer o q? Os oficiais vão grevar? A PM e o Corpo de Bombeiros só param com os praças, os oficiais não fazem falta não. Essa eu queria ver, os oficiais grevando, kkkkk.

    ResponderExcluir
  17. Bombeiro de Verdade1 de junho de 2011 18:13

    Esse blog é o blog da desunião. Depois que ele chegou acabou a paz entre os militares. Agora querem jogar os oficiais contra os praças. Isso é lamentável, sempre busco melhoria pro meu pessoal. Eu quero a isonomia do risco de vida, quero também mais que 15%. Agora eu quero ver é todo mundo está disposto a trabalhar tambem, nao enrolar no serviço, nao dá nó em pingo d'agua. Eu mmelhorar meu salario mas tenho que querer tambem dar um bom serviço para sociedade. eu sei que o governo quer dar aumento quando isso acontecdr eu vou cobrar em dobro o meu pessoal para prestar um bom serviço tambem, todo mundo tem que fazer jus ao que recebe. Eu qeuro que se edxploda quem nao concordar.

    ResponderExcluir
  18. Sabe que acredito no que esse deputado disse. Pessoal da comissão vamos entender que a isonomia do risco de vida é um direito nosso e dever do estado.

    ResponderExcluir
  19. ESSA FOTO É MUITO BOA.

    ResponderExcluir
  20. Caraca esse oficial é um santo. Fiquei comovido com sua declaração, a começar pela parte que o senhor diz que ninguém trabalha direito. Nós fazemos mais que o necessário senhor oficial. Se ser oficial é isso, acho que vou pensar duas vezes antes de fazer o CHOA ano que vem. ST PM Romeu.

    ResponderExcluir
  21. tô tirando o meu serviço,conforme o que ganho ,POUCO,ENRROLANDO E FAZENDO DE CONTAS,QUE TRABALHO,SÓ CUMPRO A MINHA CARGA HORARIA,SE O GOV. MENTE QUANTO EU GANHO ,EU MINTO O QUANTO EU TRABALHO,QUEM PAGA É A SOCIEDADE,MAS FAZER O QUÊ? SUPER HEROI SEM PROVENTOS SÓ NA TV.

    ResponderExcluir
  22. Bombeiro de Verdade1 de junho de 2011 18:54

    ST romeu é um desses que chegarão a oficial pelo tempo do serviço e não pela capacidade de passar um concurso. Chega, não bato boca com praça no serviço e também nao vou bater boca no blog Se danem.

    ResponderExcluir
  23. Bombeiro babaca st romeu merece ser oficial sim, para ganhar bem, igual a vc seu calhorda, que n tem coragem nem de se identificar, é claro que temos colegas bombeiros excelentes, mas vc é um otario.

    ResponderExcluir
  24. Cap PM R/R Mário1 de junho de 2011 20:34

    Um dos maiores equívocos na legislação da corporação é o risco de vida. A isonomia é uma questão de justiça. Infelizmente, podem acreditar, tem oficiais contra essa correção. Até parece que a verba sairá dos bolsos deles. Isso é que contribui, em muito, a insatisfação da tropa com alguns oficiais.
    GOVERNADOR, AMENIZE A INSATISFAÇÃO DAS PRAÇAS 15% + ISONOMIA.

    ResponderExcluir
  25. Bombeiro de Verdade II1 de junho de 2011 22:09

    Qualquer um tem capacidade de passar num concurso pra oficial (PM/BM), as vezes o que falta são oportunidades e determinação (se fosse uma pessoa realmente instruida saberias disso Bombeiro de Verdade) e em alguns casos (janeleiros) puxar muito saco, acredito que é por isso que não perdem o vício);

    ResponderExcluir
  26. HONDA/NXR150 BROS ES (MOTO DA PC DE CZS)
    PLACA NAB 5039
    PROP. SEC EST JUST E SEG PUBLICA DO ACRE
    DEBITOS PENDENTES
    LICENCIAMENTO
    2009: R$ 65,81 E 2010: R$ 65,81
    SEGURO
    2009: R$ 258,06 E 2010: R$ 258,06
    OBS: A PM/BM PRECISA RECONQUISTAR SEU RESPEITO TRABALHANDO E NÃO CORRENDO ATRÁS DO POBRES.
    FISCALIZAR A COISA PÚBLICA É NECESSÁRIO.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.