sexta-feira, 15 de abril de 2011

Procura-se Natalício Braga

Natalício Braga sumiu. Pelo menos é o que parece. Hoje pela manhã, o oficial de justiça mais uma vez teve que voltar para o Tribunal de Justiça (TJ) sem a assinatura do sargento. Essa já a terceira vez que o servidor encontra a sede da Associação dos Militares do Acre (AME/AC) fechada.
Os militares que tiram serviço na guarda do Quartel do Comando Geral (QCG), local onde está instalada a sede da AME, afirmam que há dias Braga não comparece à entidade.
Para resolver a questão, o advogado Paulo Dineli irá entrar com uma petição na justiça pedindo ajuda do Comando Geral da Polícia Militar para que solicite a apresentação do sargento. Ações como esta são difícéis que a justiça atenda, já que esse é um caso cível.
De acordo com Dinelli, todos os indícios levam a crer que o militar esteja se ocultando da justiça. Segundo informações, o oficial de justiça chegou a ir até a casa de Braga e não o encontrou.
“É difícil isso acontecer com um militar, não aparecer no quartel ou sede da entidade durante tanto tempo, por isso acreditamos que ele esteja se ocultado para não receber o oficial de justiça”, afirmou o advogado.
Ainda de acordo com Dinelli, o oficial de justiça irá relatar para juíza a dificuldade que está encontrando e deverá marcar uma data específica para oficiar o sargento ou qualquer pessoa que possa servir como testemunha de que o servidor esteve no local. A partir de então, o Conselho Fiscal, cujo presidente é o Major Jauri, poderá trocar a fechadura da porta de associação, assumir a direção da AME e providenciar o início do processo das novas eleições para a entidade.  
A decisão de afastar a diretoria executiva e determinar novas eleições saiu na última terça-feira, dia 12, desde então o sargento não é visto.

6 comentários:

  1. e aí praga,quem não deve não teme!

    ResponderExcluir
  2. Olhem a letra da musica que o Bezerra da Silva fez para essa turma de PTralhas em que o Praga faz parte:

    Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão
    Se gritar pega ladrão, não fica um
    Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão
    Se gritar pega ladrão, não fica um

    ResponderExcluir
  3. Nova maneira da fazer POLITICA16 de abril de 2011 05:26

    É FACIL DE RESOLVER BASTA DISPONIBILIZAR UM NÚMERO DE TELEFONE PARA CONTATO COM O OFICIAL DE JUSTIÇA, AQUI MESMO NO BLOG A4 DE MAIO, TENHO CERTEZA QUE EM MENOS DE 24 HORAS ESSE OFICIAL DE JUSTIÇA VAI TER A LOCALIZAÇÃO EXATA DESSE SUJEITINHO.

    ResponderExcluir
  4. Nova maneira de fazer POLITICA16 de abril de 2011 05:26

    ELE NÃO É MAIS PRESIDENTE DA AME/AC (E NUNCA FOI UM PRESIDENTE LEGITIMO), ENTÃO O COMANDO JÁ PODE FICAR ATENTO, CASO NÃO SE EPRESENTE PARA TRABALHAR EM 7 DIAS, É DESERTOR.

    ResponderExcluir
  5. A juiza,Denise Bonfim,fez um favor para nós policiais militares,retirando esta cidadão da diretoria da A.M.E(ASSOCIAÇAO DOS MILITARES)porque nós policiais militares somos frouxos e concordamos contudo!

    ResponderExcluir
  6. o praga tá escondido na expoacre.. rsrs

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.