sábado, 2 de abril de 2011

Militares cobram da comissão o início das negociações com o governo


Prevista para o dia 31 de março, a resposta do governo cedeu lugar para busca do consenso entre setores militares, envolvendo os comandos, a Associação dos Militares Estaduais do Acre (AME/AC) e a comissão especial formando pelos clubes e associações da PM e Corpo de Bombeiros. Formulada a tabela a ser apresenta, a tropa solicita agora o início das negociações.
De acordo com o sargento Jusciner, presidente da Associação das Praças do Corpo de Bombeiros (Aprabmac), a data limite para resposta do governo serviu para que os militares entrassem no consenso, o que aconteceu na última reunião, no qual foi firmada uma tabela única.
De acordo com o relatório da reunião, publicado neste blog, no dia 5 será protocolado um documento a ser assinado pelas entidades e comandos da PM e BM solicitando uma data limite para uma resposta do governo,  que possivelmente seja o dia 6 de abril.
Até lá, os membros da comissão estão entrando em contato com associações e clubes do Brasil colhendo elementos que favoreçam na argumentação e se prepando ações de advertência caso o governo se torne insensível aos anseios dos militares.

Conversa fiada

Diante da pouca informação, alguns militares que são contra a comissão, começaram a espalhar boatos nos quartéis afirmando que o governo só estaria disposto a dar R$ 2.500, como salário inicial e levantaram suspeitas entre os milicianos.
“Tudo o que não vier da comissão é conversa fiada. Os militares não devem dar ouvidos. A nossa proposta é a tabela que consta nesse blog e não existe outro valor”, afirma Jusciner.
Para o deputado Major Rocha, esses tipo de conversa sempre existiu por parte de algumas pessoas que trabalham no intuito de fragmentar o movimento.
“Não existe plano ‘B’. Não existe segunda tabela. A comissão deverá sentar para negociar os valores acordados nas reuniões. Caso o governo venha colocar os militares em situação desconfortável, já afirmei que convocarei para uma assembléia propondo uma greve”, disse o deputado.

Uma ajuda bem-vinda
Um (a) militar, que deixou apenas seu e-mail para identificação (cansadosdodescasopmac@hotmail.com), andou espanhando pelas unidades militares um texto com o título "Consados do descaso" no qual procura expressar o sentimento da categoria quanto a questão salarial e as práticas do governo. Elaborando uma lista de argumentos, o objetivo do autor é chamar os milicianos para a união.
"EU ACREDITO que iremos mostrar nossa força, mostrar que somos um gigante adormecido que está acordando, pois uma corporação unida ninguém pode parar", afirma o texto. 

 Opinião: Como São Tomé

O que existe na verdade é uma categoria que ao longo do tempo foi esquecida e reprimida pelo governo e pelos comandos. Desiludida, sem amparos e com uma força de vontade de melhorar a segurança pública do Acre, assim é a categoria dos militares, do qual, eu, administrador faço parte. É preciso que esse governo melhore as condições salariais que o próprio governo petista não o fez ao longo dos anos, a fim de evitar a primeira greve militar da história do Acre.
Para muitos, o que existe é uma forma de conter os ânimos de revolta e dissuadir sobre uma possível greve. O que temos que entender é que os militares só acreditarão nos projetos do governo quando o resultado da negociação estiver nos números do contracheque, de preferência na conta bancária.
A comissão já me deu motivos para acreditar, é preciso que o governo agora faça a sua parte se não quiser que os militares cheguem ao extremo.

13 comentários:

  1. SEM RECUAR SEM CAIR SEM TEMER.

    ResponderExcluir
  2. caros amigo! vejam só o que descobri de uma fonte segura, em reunião do governador com oficiais do bombeiro e PM, questionado sobre possível concurso para novos bombeiros, o "Sr". governador (PETRALHA VIANA), disse o seguente: "temos que estudar isso, pois em outros paises como: EUA e frança, os bombeiros são voluntáriois, têm seus empregos e nas horas de folga vão trabalhar como bombeiro, sem remuneraçaõ" disse ainda que, não quer nem papo com o major rocha, "o rocha é politico, eu estou tratando com os militares não com o politico rocha" fica claro que, não há interesse do governo para com a corporação bombeiros, enquanto isso, nós ficamos refém dessa escala desumana que nós é imposta pelo comando, comando esse que só cruza os braços perante nossas reividicações ( tá cagando e andando pra nós), fica aqui meu profundo repúdio ao pensamento retrogado de nosso exelentissimo governado petista viana.

    ResponderExcluir
  3. Lembrança de morrer


    Quando em meu peito rebentar-se a fibra
    Que o espírito enlaça à dor vivente,
    Não derramem por mim nem uma lágrima
    Em pálpebra demente.

    E nem desfolhem na matéria impura
    A flor do vale que adormece ao vento:
    Não quero que uma nota de alegria
    Se cale por meu triste passamento.

    Eu deixo a vida como deixa o tédio
    Do deserto, o poento caminheiro
    — Como as horas de um longo pesadelo
    Que se desfaz ao dobre de um sineiro;

    Como o desterro de minh'alma errante,
    Onde fogo insensato a consumia:
    Só levo uma saudade — é desses tempos
    Que amorosa ilusão embelecia.

    Só levo uma saudade — é dessas sombras
    Que eu sentia velar nas noites minhas...
    De ti, ó minha mãe, pobre coitada
    Que por minha tristeza te definhas!

    De meu pai... de meus únicos amigos,
    Poucos — bem poucos — e que não zombavam
    Quando, em noite de febre endoudecido,
    Minhas pálidas crenças duvidavam.

    Se uma lágrima as pálpebras me inunda,
    Se um suspiro nos seios treme ainda
    É pela virgem que sonhei... que nunca
    Aos lábios me encostou a face linda!

    Só tu à mocidade sonhadora
    Do pálido poeta deste flores...
    Se viveu, foi por ti! e de esperança
    De na vida gozar de teus amores.

    Beijarei a verdade santa e nua,
    Verei cristalizar-se o sonho amigo....
    Ó minha virgem dos errantes sonhos,
    Filha do céu, eu vou amar contigo!

    Descansem o meu leito solitário
    Na floresta dos homens esquecida,
    À sombra de uma cruz, e escrevam nelas
    — Foi poeta — sonhou — e amou na vida.—(foi PM sonhou com a PEC e....)

    Sombras do vale, noites da montanha
    Que minh'alma cantou e amava tanto,
    Protegei o meu corpo abandonado,
    E no silêncio derramai-lhe canto!

    Mas quando preludia ave d'aurora
    E quando à meia-noite o céu repousa,
    Arvoredos do bosque, abri os ramos...
    Deixai a lua prantear-me a lousa!

    Álvares de Azevedo
    (1831-1852)

    ResponderExcluir
  4. MUITO BOM!
    VAMOS LÁ MELICIANOS, VAMOS MOSTRA PARA O GOVERNO QUE ESTAMOS CANSADO SERMOS ESCRAVOS DO SISTEMA, SISTIMA ESSE QUE APENAS NOS PUNE. COM A NOSSA UNIÃO VENCEREMOS TODAS AS BATALHAS, CUMPRIREMOS TODAS AS MISSÕES E NUNCA MAIS IREMOS NOS CALAR DIANTE DOS ABUSOS E COVARDIAS QUE SOFREMOS.

    ResponderExcluir
  5. Caros policiais e bombeiros,
    Vamos agir com tranquilidade e equilíbrio!
    Não vamos repassar aos outros NENHUMA "informação" (fofoca) cuja fonte não seja a nossa Comissão e/ou Deputado Rocha!
    Se o governo cometer o "erro Crasso" de não nos dar o que NOS DEVE(!), com a mesma tranquilidade e equilíbrio, após o chamado do Deputado Major Rocha, iniciaremos nossa GREVE!
    Preparem seus espíritos!
    Inspirem-se em suas esposas e filhos!
    Encham o peito de dignidade e amor-próprio!
    Nada temam!
    SEM RECUAR, SEM CAIR, SEM TEMER: JUNTOS SOMOS FORTES!!!

    ResponderExcluir
  6. Nem tão anônimo assim3 de abril de 2011 04:58

    Isssssssssssssssssssa !
    Ah moleque !
    Nem que morra !
    Selva !
    "Demorô !"
    Uhu !
    Sóóóóóóóó !

    ResponderExcluir
  7. ha, ha, ha...
    quer dizer que em outros paises os bombeiros são bombeiros voluntários, trabalha de barman, vendedor de hotdog, as mulheres sã stripers e na hora de folga vão pro quartel trabalhar como vountários para exercer serviços de bombeiros, tais como subir no WTC (11 de setembro) para serem mortos por ataques terrorístas e não ganham nem um centavo. Rapah, o que um médico quer na política? Vá atender paciente nos hospitais que faz mais pela nossa sociedade e deixe quem tem compromisso com a sociedade acreana trabalhar. Rocha governador!

    ResponderExcluir
  8. R$2500,00 não cobre nem o débito que esses governinhos do pT tem (retroativo) com os policiais de patente ou graduação menores que um coronel, desde quando por seu autoritarismo disseram e confirmaram em contracheque que a vida de um coronel vale mais que a dos demais militares. Sempre brincando com os outros!!!
    Oh, turminha de trabalhador infeliz. Trabalho!!! pT?
    Ta tudo errado, essa sigla, quem deveria levar é quem realmente trabalha não quem usa e abusa do dinheiro público! O cidadão brasileiro é quem deve levar o nome de Trabalhador e não quem lhes tira seus direitos após o labutar, após inúmeras horas de trabalho, no caso do Brasil após ser escravizado.

    ResponderExcluir
  9. EU ODEIO ODIAR, É ODIOSO.3 de abril de 2011 16:07

    Isso é conversa de INFECTOLOGISTA INFECTADO por amebíase, cercado de AMEBAS aos montes.
    Eu sou PROCTOLOGISTA, e vou cuidar pessoalmente das HEMORRÓIDAS deste governador que sonha em ser BOMBEIRO VOLUNTÁRIO.
    Nem que morra !

    ResponderExcluir
  10. deixa quem quer ser politico assumir o gov senhor tiao e vai trabalhar voluntario na fundaçao pq NOS EUA ninguem trabalha arriscando a vida d graça nao próxima eleição vem de novo e te daremos o troco.... viu! temos familia pra criar

    ResponderExcluir
  11. o descaso com os BOMBEIROS é tanto que da ultima turma 09 procuraram outro emprego e deram baixa e tem muitos ainda pra sairem....

    ResponderExcluir
  12. C/3 mangaio neles4 de abril de 2011 05:31

    pela conversa do sr. gov. voces jé devem esperar o que nos esperam com esssa conversade voluntariado,mas o sr.gov esquece que os seus cargos comessionados todos eles ja´sao funcionarios do estado e que por seu ponto de vista nao precisam ganhar suas gratificaçoes exorbitantes que dá pra pagar o salario de até 4 soldados,comece a contençao de gastos por ai nao venha com essa convrsa mole de que nao tem dinheiro,lembrem-se companheiros a hora é agora.

    ResponderExcluir
  13. Isso é coisa do Rola. Ele odeia o Major e fica falando abobrinha. Chega de fofoca, é hora de luta!!!
    Eu estarei la. E você???
    ST. Romeu.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.