quinta-feira, 7 de abril de 2011

O primo pobre

Bombeiros reclamam da falta de atenção do governo com a instituição

Se na PM as coisas já não andam bem, no Corpo de Bombeiros do Acre vão de pior a péssimo. A divulgação da contratação de mais 120 policiais militares que realizaram o último concurso deixou os militares da CBMAC com a certeza de que o Governo do Acre menospreza a instituição.
As principais reclamações dizem respeito à defasagem salarial e a carga horária semanal, que chega a mais de 90 horas, ocasionada por uma extrema falta de efetivo. De acordo com documentos oferecidos à Secretária de Segurança Pública nas últimas reuniões com as entidades militares, a instituição conta com 339 profissionais, sendo que a demanda aponta para 1.700, uma defasagem que chega a mais 500%. Isso significa dizer que cada bombeiro está trabalhando por cinco.
O último concurso público para soldado foi realizado em 2007 e proveu apenas 200 vagas, o penúltimo foi realizado em 1994, treze anos depois.
"Infelizmente temos um governo que não nos respeita, que menospreza os bombeiros militares. Temos também um comandante geral que não busca melhorar a nossa vida, apenas acata o que o governo dita", disse um bombeiro.

Faxina
Outro problema encontrado na CBMAC diz respeito à faxina nas unidades militares. Os militares são forçados a trabalhar no serviço de limpeza sob a ameaça do Regulamento Disciplinar. Caso o militar se nega a executar essa ordem, poderá ser até mesmo preso. O que se configura como um desvio de função, no Corpo de Bombeiro ganha status de legalidade arbitrária, com todo o peso que esse paradoxo tem.
Nessa semana, a Polícia Militar resolveu parte do problema em contratar uma cooperativa para realizar os trabalhos nas unidades. No Corpo de Bombeiros, nada.
"Já não sei se sou bombeiro ou faxineiro. Já cheguei até a cortar capim em quartel. O bombeiro hoje, na verdade, é um faz tudo, um bombril que tem mil e uma utilidades", declarou outro militar.

Brasil

A realidade acontece também em outros estados brasileiros. Em Maceió, um incêndio no Pavilhão do Artesanato, mostrou para a sociedade o que faz a falta de investimento nas corporações militares do Corpo de Bombeiros.

9 comentários:

  1. Há muitos anos essa importante instituíção está sem prestígio. Na realidade o CBMAC se desatibilizou ao longo dos governos que nomearam Oficiais que não mereciam ser Comandante Gerais, tanto por incompetência profissional, bem como pela situação ética e moral. Daí iniciou-se divisão, por insatisfação, na instituíção. São 12 anos de adm do PT em que a instituição ficou em último plano, efetivo reduzidíssimo, ocasionando jornadas de trabalho desumanas, salário defasados, somando-se a alguns Oficiais e até praças descompromissadas com o brioso CBMAC. GOVERNADOR VAMOS RESGATÁ-LO!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Quero retificar uma informação publicada nesse blog. O concurso de 2007 para soldado CB somente disponibilizou 100 vagas e não 200. Desses 100 cerca de uns 10 aprovados já sairam da instituição para profissões melhores em um intervalo de 3 anos.

    ResponderExcluir
  3. Eu já pulei fora há muito tempo.
    Neste momento é preferível engarrafar peido, enxugar gelo, acordar pão dormido, fabricar escada de pintar rodapé e fabricar pedra de amolar pincel.
    Vidas alheias e riquezas salvar com a falta de reconhecimento deste desgraçados do governo.
    Cuidemos de nossas familias, o tempo passa muito rápido, acreditem !
    Que tristeza !

    ResponderExcluir
  4. O problema do corpo de bombeiros está no comandante geral que nunca se impõe pq não quer se expor. COMANDANTE O SENHOR JÁ TEM O QUE QUER, FAÇA UM FAVOR PARA A INSTITUIÇÃO E PEÇA PRA SAÍ, SERÁ QUE O SENHOR NÃO PERCEBE QUE TUDO ACONTECE PORQUE O SENHOR NÃO É ATUANTE, ALÉM DISSO SUA INSTUTUIÇÃO ESTÁ TODOS OS DIAS AQUI EXPOSTA, SENDO DIVULGADO COISAS ABSURDAS E QUE NA VERDADE SÃO INFORMAÇÕES VERDADEIRAS. ESTE BLOG É A VOZ DA TROPA SÓ NÃO QUEREMOS SER O ESPELHO DO COMANDANTE PQ AÍ SERIA REALMENTE O FIM.

    ResponderExcluir
  5. Major Carlos Burity, esse é arregaçado, esse é o VERDADEIRO oficial, sem máscara, sem esconde-esconde, a realidade exposta, explicitamente.

    Bem que o DIGNÍSSIMO OFICIAL poderia estar no quartel do CBMAC, para fazer inveja a penca de borra botas que tem por aqui.

    Mas, o senhor Governador de Alagoas, assim como o Governador do Acre, recebeu aumento de salário; os deputados estaduais de Alagoas, assim como os deputados acrianos, receberam também aumento de salário e das famigeradas verbas de gabinete, e os investimentos no CBMAC onde está?

    O investimento naquilo que o CBMAC tem de melhor AS PRAÇAS, os verdadeiros operacionais, onde está?

    Salários minguados, escala escravizante, faxina sem fim, tropa cabisbaixa é isso que se encontra dentro dos muros dos quartéis.

    VAMOS À GREVE! É SÓ O QUE NOS RESTA...

    MAJOR ROCHA GOVERNADOR!

    ResponderExcluir
  6. não foram 200 vagas em 2007 e sim 100 vagas!pior ainda!

    ResponderExcluir
  7. eu quero saber é do aumento que ta muito devagar essa conversa pelo amor de deus postem informações agente fica igual merda na água nimguem fala nada

    ResponderExcluir
  8. CARALHOOOOO... esse bonbeiro falo tudo o que devia. infelismente vai levar 10 dias de cadeia. como e de praxe no sistema militar.

    ResponderExcluir
  9. baderneiro sem honra8 de abril de 2011 08:23

    Aqui no acre isso jamais aconteceria, pois com o apoio integral do governo, que dá viaturas, o efetivo que tá sobrando, sem falar no salário que é o segundo melhor do pais, obrigado governador pelo apoio até aqui.as pessoas que seriam vítimas de incêndios agradecem.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.