terça-feira, 12 de abril de 2011

Comissão do governo realiza reunião no 2º Batalhão


Policiais Militares do 2º Batalhão tiveram na manhã de hoje, dia 12, uma reunião com a comissão formada pelo governo e comandantes gerais. Na pauta da conversa, estava a definição da questão salarial. O grupo militar solicitava dos policiais idéias para criar uma nova planilha a ser apresentada pelo governo.
De acordo com um militar que esteve na reunião, o discurso do presidente da comissão, tenente-coronel Edvaldo, iniciou afirmando que o estado não estava bem financeiramente e que era preciso ter cautela. Depois o oficial abriu espaço para perguntas e sugestões.
“Sabemos que essa comissão foi formada pelo governo e não pelos militares. Ela não tem legitimidade para nos representar. Acho que o governo quer criar confusão entre a gente, já temos duas tabelas feitas e agora querem mais uma”, disse o soldado.
Como se não bastasse a falta de legitimidade, alguns militares já vestiram a camisa da comissão e se sentem verdadeiramente representantes da categoria.

Reunião da comissão dos militares  

Na manhã de hoje também aconteceu uma reunião entre os membros da comissão formada através da assembléia geral do militares. O assunto foi a assembléia geral do próximo dia 20.
De acordo com os militares, será preciso organização e divulgação em massa das razões da categoria para a sociedade. Em local e hora ainda a serem confirmados, essa assembléia promete ser uma das mais quentes e decisivas. Isso porque a categoria já saberá o posicionamento concreto do governo e a comissão governista já terá dado sua tabela com os vencimentos previstos. A assembléia, portanto, será uma resposta a todas essas questões.
Por enquanto os ânimos ainda não se exaltaram entre os membros, apenas descontentamentos radicais isolados. A condução sóbria da maioria dos membros tem proporcionado espaços de diálogos e organização que raras vezes se viu entre os militares. Contudo, ninguém descarta uma greve.

8 comentários:

  1. se fosse filho deste cidadão teria vergonha do papel ridículo que ele faz.o estado está mal das pernas e das mãos que não param de sumir com o dinheiro.

    ResponderExcluir
  2. CEL. ANESTÉSICO NO RABO12 de abril de 2011 16:27

    O Estado não está bem financeiramente ?!
    Com 8 anos de LULA ?!
    Então alguém, é muitíssimo incompetente no seio do Governo da Florestania.
    Ninguém aqui é cego à ponto de não reconhecer que o Acre está no caminho certo e que muitas coisas boas foram e estão sendo feitas, mas, isso é a obrigação de alguém que quis ser governador de um Estado e do povo que nele reside, que sejam presos todos os que fizeram pms comerem pirarucu por meses á fio, ovo cozido, a turma de 1986 (duas turmas) nunca deu um tiro de revólver calibre 38 por falta de munição, conseguiram destruir um BANCO ESTADUAL (BANACRE), ficaram milionários com os desvios do dinheiro das habitações populares.
    Os servidores é quem fazem o estado funcionar para dar o crédito ao governador por tudo o que for de bom ou de ruim.
    Façam com que o governo pare de brincar com a honra de HOMENS DE VERDADE !
    Tomem logo a decisão que for a mais acertada, de acordo com aquilo que a categoria almeja, deseja.
    Façam aquilo que já deveria ter sido feito !

    ResponderExcluir
  3. Comissão e Deputado Rocha, ouçam meu apelo!
    Vamos divulgar para a população que estamos HÁ 10 ANOS SEM AUMENTO! Vamos dizer que nosso soldo é menor que o salário mínimo! Vamos sensibilizar a população em favor da nossa causa!
    Vamos dizer à população que estamos tentando uma negociação com o governo petista há 3 anos!!!
    São mais de 850 dias sem nenhuma resposta!!!\
    Isso deveria estar escrito em vários outdoors pela cidade!
    Deveria haver um contador de dias aki no blog para contar quantos dias já se passaram SEM QUE HAJA REPOSTA DOS PETISTAS!
    Uma guerra se ganha inicialmente com INFORMAÇÃO! Vamos fazer uso do que temos!!!
    SEM RECUAR, SEM CAIR, SEM TEMER: GREVE JÁ!

    ResponderExcluir
  4. Senhor cel Edvaldo é pedir-lhe muito a ata desta tão proveitosa reunião? na minha opinião ninguém tá em condições de emprestar dinheiro pro governo, o senhor não precisa pedir.

    ResponderExcluir
  5. Essa comissão do governo não tem nenhuma importância para nós militares, e se estes conseguirem alguma coisa o que é impossível, será considerado pela categoria o mesmo que recebemos até aos dias de hoje com o PT no poder, simplesmente ESMOLA, e não estamos buscando isso!
    Estamos buscando reconhecimento e melhoria salarial e para isso já temos uma comissão de verdade, a única que nos representa e a única que será respeitada e em especial no momento que for decidido por GREVE GERAL!
    Estamos dispostos a lutar! Não existe vitória sem LUTA.
    E lutar contra um governo que só dispõe do poder nas mãos é fácil. Poder sem compromisso é sinal de fraqueza e decadência! O poder sega, e governantes cegos sucumbem!
    E uma categoria com uma visão no hoje e no amanhã vence!

    ResponderExcluir
  6. imcompetencia do PT12 de abril de 2011 22:31

    Militares de verdade não devem participar de reuniões de enrolação com essa micro-comissão do gOVERNO!

    ResponderExcluir
  7. eu tenho uma sugestão: pra essa comissão do governo: 100% de reajuste 2 duas parcelas. ou greve.

    ResponderExcluir
  8. "noventa por cento do sucesso baseia-se em insistir" wood allen. juntos somos fortes.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.