segunda-feira, 4 de abril de 2011

Faxina


Polícia Militar terceiriza faxina no Quartel do Comando Geral

Os militares que tiram serviço no Quartel do Comando Geral (QCG) se surpreenderam na manhã de hoje, dia 04. Cinco pessoas pertencentes a uma cooperativa de prestação de serviço de limpeza estavam realizando um trabalho que era costume que os militares realizassem.
O contrato com a cooperativa de limpeza é resultado de reunião realizada no dia 2 de março entre os comandantes da PM, José dos Reis Anastácio, e do Corpo de Bombeiros, Flávio Ferreira Pires, o deputado Major Rocha (PSDB), Clubes de Cabos e Soldados (PM), Sargento e Subtenentes (PM) e Associação das Praças do Corpo de Bombeiros.
“Cinco pessoas ainda é pouco, mas já mostra que o comando da PM está, não somente disposto a dialogar, mas a cumprir o que é acordado”, elogiou major Rocha, que no momento está em viajem parlamentar ao Peru, onde debate assuntos relativos aos Direitos Humanos.
Por enquanto, a cooperativa irá atender apenas o QCG da PM, mas a idéia é expandir o serviço para os demais batalhões, ficando a encargo dos comandantes realizarem a solicitação.
A atitude da PMAC abre precedências para que o desvio de função no emprego do efetivo no serviço de limpeza tenha seus primeiros passos para a extinção.

A humilhação no CBMAC continua

Os militares que mais se sentiam insatisfeitos com a faxina eram os bombeiros e mais uma vez seu comandante geral, coronel Pires, descumpre compromissos firmados com a categoria e protela a terceirização do serviço.
“Esse comando parece uma lesma de tão devagar. Para fazer uma punição é muito rápido, agora para trazer melhorias para a corporação é uma novela”, disse um bombeiro revoltado.
Os combantes prometem processar o comandante geral por incentivar o desvio de função dentro dos quartéis, além de promover a humilhação de praças.
“Se a praça se negar a realizar a limpeza é preso, é humilhado pelo regulamente disciplinar. E olhe a contradição, quem deveria ser preso era quem promove o desvio de função e não quem se coloca contra”, argumentou outro bombeiro que caminhava no centro da cidade em seus raros momentos de folga.
Diante da morosidade e da incapacidade de dar respostas positivas, os militares já pensam em pedir ao governo a exoneração do coronel Pires e de carona a do tenente coronel José Alberto Flores, subcomandante.
O deputado Major Rocha pretende realizar mobilizações no CBMAC e incentivar os militares a resistir ao pedido para gerar ações na justiça. Neste caso, é importante que os sargentos BM também se oponham ao desvio de função e não obriguem os soldados a fazer o que é ilegal e imoral.
“No Corpo de Bombeiros é onde encontramos maior resistência por mudanças e são coisas simples e legais, não existe nada ilegal. Assim que chegar ao Acre,  pretendo conversar com a Aprabmac e ver o que podemos fazer juntos. Se a PM pode, por que o Corpo de Bombeiros não pode?”, indagou o deputado tucano.

13 comentários:

  1. parecemos ser faxineiros e nao BOMBEIROS pois na passagem de serviço não se fala sobre o serviço ou intruções, só se fala nessa tal faxina...

    ResponderExcluir
  2. Companheiros,
    Estão vendo a necessidade de termos um parlamentar voltado para a causa PM/BM?!
    Em outros tempos, havia DOIS parlamentares que se diziam representar a PMAC na ALEAC - N. Lima e Roberto Filho: duas pustemas!!!
    Dois deputados que não fizeram NADA pelos militares estaduais!!!
    NUNCA MAIS poderemos abrir mão de eleger o Deputado Rocha: ele é combativo, corajoso, honesto, firme, tem visão de futuro, uma ROCHA contra o governo ditador e corrupto!
    Essa do fim da faxina do QCG, deveria ser comemorada!
    Estamos atravessando a linha que separa os soldados e os policiais, tudo graças à NOSSA VISÃO de categoria (lógico que sei que nem todos os PMs/BMs votaram no Rocha, mas haverá outras oportunidades p quem não votou) em ter elegido o Major Rocha!!!
    Tenho muito orgulho de eu e minha família termos votado neste homem e ter pedido votos para ele!
    Deputado Major Rocha: esse vale por DOIS!!!
    MOVIMENTO FAXINA NUNCA MAIS!

    ResponderExcluir
  3. BOMbeiro é MAL: MALtratado pelos mentirosos e descreditados do "Estado MAUior".4 de abril de 2011 18:15

    Não há palavras para a angústia de sermos bombeiros militares liderados por um Comando tão incompetente e tapado! O Governo do Estado não percebe que quando comparamos o Comando da PMAC com o do CBM, este último leva uma surra de gestão. E olha que há muitas falhas e fraquezas na gestão PMAC. Caramba, os caras prejudicam os praças em tudo, tudo mesmo. Não conseguiram uma ação interna positiva. Nada! O Comando do CB está ajudando o Governo do Povo do Acre se afundar mais e mais. O CB só tem cerca de 340 milicianos na ativa, mas isso é multiplicado em razão exponencial, pois em geral a família BM é numerosa (esposa, marido, filhos, parentes e aderentes...).

    O próprio comando já poderia ter eliminado a vergonha da faxina feita pelo militar. Só há três unidades em que a faxina é terceirizada: 2º BEPCIF (Comando-Geral) e as duas SCI-Aeroporto. Na SCI-Aeroporto havia um contrato que previa que a Infraero faria a faxina, mas o Comando não cobrava para humilhar os sargentos e soldados. Daí, alguém se interessou e leu o contrato entre CBM/Infraero e percebeu que limpeza era com a contratante. Só por isso que os Soldados da SCI não fazem mais faxina...

    Não enviaram todos os Subtenentes BM para o CHOA com a desculpa de investir na tercerização da faxina. Vê-se que enganaram os Subs e enganaram todos. Já tem umas 4 formaturas-gerais que o Comandante fala em acabar com a faxina. Até agora nada!

    O Comandante do CBM não manda nada, ele é dominado pelo Ajudante-Geral (aquele TC que chamou todo mundo de rato em formatura matinal). Já o Subcomandante é outro que só empalha qualquer ajuda aos praças, nem parece que um dia foi soldado.

    O Comando do CBM faz o Governo perder votos e a pouca simpatia já não tem.

    ResponderExcluir
  4. Lá no 5º BPM uma mulher da empresa terceirizada de limpeza se apresentou hoje.

    ResponderExcluir
  5. obrigar o militar a fazer faxina é mínimo abuso de autoridade.coisas dos RDPMs.

    ResponderExcluir
  6. em czs é do mesmo jeito..........não muda nada.....

    ResponderExcluir
  7. Ainda fazem essa faxina porque querem, basta ninguém realizar, devem se reunir e decidir por nenhum BM ou PM se submeter a realizar a faxina. Se forem presos a justiça solta. Para se conseguir mudanças é necessário dar o sangue.

    ResponderExcluir
  8. Caro amigo Bombeiro é Mal, agora que a moda no governo é dá nome aos bois, diga aí o nome do TC que chamou os BM's de rato, para que essa informação saia além dos muros do quartel.

    Aproveitando o ensejo, FORA COMANDANTE E SUB COMANDANTE DO CBMAC!

    MAJOR ROCHA GOVERNADOR! E tenho dito.

    ResponderExcluir
  9. O comandante do CBMAC não vai embora nunca, ele vivia na campanha do PT balança bandeira, vivia nos lançamentos das campanhas dos candidatos do PT e ainda durante a transição do governo ele teve a cara de pau de falar, que foi o autor do projeto bombeiro mirim e também que elaborou o planejamento estratégico da corporação, além disso pedia para continuar porque estava a pouco tempo no comando e ainda não teve tempo suficiente para desenvolver seu trabalho, engraçado porque ele nunca soube o que é trabalho, porque vivia no corredor do quartel ouvindo historinhas, atualmente nem isso ele faz porque tem medo de ouvir algumas verdades da tropa, até quando chega no comandando geral ele entra pela porta de tras e depois fica perguntando ao comandante da guarda porque que não hastearam a bandeira do comandante geral, engraçado que o sargento respondeu na cara dele "como é que vou hastear sua bandeira coronel se o senhor entra pela porta de tras e ninguém lhe vê quando o senhor chega"

    só resta deixar passar os 04 anos desse governo, até lá o bombeiro entra de vez no buraco, efetivo que é bom no bombeiro também ninguém nem ouve falar, enquanto que o governo já anunciou aumentar o efetivo da PM em 120 vagas ainda este ano. é mole ou quer mais?

    ResponderExcluir
  10. Concordo com o "segura" não podemos mais ficar sem um deputado verdadeiramente compromissado com a classe militar, como é o caso do Major Rocha que é a voz dos oprimidos pela censura.
    Quanto ao Cel Anastácio, o governador parece que acertou na sua escolha, pois foi preciso trazer um comandante da reserva, para em apenas 4 meses de comando fazer história na PMAC, com apenas duas ações já fez mais do que todos os demais CMT gerais. A primeira foi a nomeação do Barbosa para P5 e a segunda foi essa de acabar com esse desvio de função histórica. Essa faxina para alguns antigos puxa sacos, faz parte do militarismo, certa vez questionei dizendo que estava errado e o sgt antigão me disse que não estava, pois, toda vida foi assim e que já foi pior, pois, iam até para o terçado. ESSE DINOSSAOURO PENSA QUE VIVE NO PERÍODO JURÁSSICO.
    Parabéns Major e Cel Anastácio, estamos aqui para criticar, mas, também para elogiar quando se fizer JUS.

    ResponderExcluir
  11. Rapaz esse PT ta dando um excelente exemplo de governo, mas para o Capeta, aposto que o diabo ta com uma tremenda inveja do governo da Frente Popular!!!! kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. 4 horas, esse foi o tempo que o Cmt geral fez com que eu me arrependesse de ELOGIÁ-LO. logo acima tinha dito que o Cel estava de parabéns por duas atitudes que tomou a frente do comando. Primeira a de ter nomeado um praça para a PM5 e a segunda a de acabar com a faxina. O certo é que voltou atrás na nomeação do Barbosa para PM5, não teve a coragem de encarar a minoria "dona da polícia". Fica aqui agora o meu elogio único e exclusivo ao NOSSO DEPUTADO MAJOR ROCHA (espero que ele não faça com que me arrependa tbém, mas se fizer eu o criticarei).

    ResponderExcluir
  13. A terceirização dos serviços de limpeza e manutenção de todas as unidades da PMDF já existe há alguns anos.As guardas dos quartéis também serão terceirizadas,aqui em Brasília.Todas as PMs do BRASIL deveriam seguir esses passos.ABRAÇOS AOS IRMÃOS DA PAPA MAIKE DO ACRE.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.