terça-feira, 24 de maio de 2011

Onde esta o dinheiro?

Braga deixa somente R$ 2.143,00 nos cofres da AME/AC
Depois de vários anos administrando os recursos da Associação dos Militares do Acre, entidade que tem uma arrecadação mensal de mais de 50 mil reais, Natalício Braga de Castro foi destituído do seu cargo em virtude de uma sentença judicial. A justiça entendeu que Braga descumpriu o estatuto da entidade, não permitindo a inscrição de outras chapas para concorrer aos cargos de direção da AME/AC, para se beneficiar com a aclamação de sua própria chapa. Antes de perder o comando da associação, a antiga diretoria literalmente limpou as contas da entidade, deixando para a diretoria interina a quantia de R$ 2.143,00 de saldo.
Faz muito tempo que a AME/AC não representa mais os interesses dos policiais e bombeiros militares, ultimamente ela tem representado tão somente os interesses de um pequeno grupo de pessoas que usufrui do prestígio e dos recursos que deveriam ser usados em favor de todos os militares acreanos.

CREDMAC tentou dificultar o bloqueio das contas para a antiga diretoria
Mesmo depois da sentença judicial destituindo Braga e nomeando uma diretoria interina, os gestores da CREDMAC tentaram a todo custo impedir que as contas fossem bloqueadas para o antigo Presidente, pessoa que alias goza de bastante prestígio junto aos membros da CREDMAC. Houve ainda a tentativa de que os valores que estavam depositados na conta da entidade ficassem indisponíveis para a diretoria que foi nomeada judicialmente, fato que impossibilitaria o cumprimento da decisão judicial que prevê a realização de eleições centro do prazo de 60 dias. Depois da intervenção dos advogados e da ameaça de levar o caso ao conhecimento da Juíza da 2 Vara Cível, os gestores da CREDMAC desistiram de dificultar o trabalho da nova diretoria.

Diretoria interina
Assumindo a Presidência da AME/AC em virtude de decisão judicial, o Major Juauri terá a missão de resgatar a credibilidade da entidade e conduzir o processo que ira eleger a nova diretoria da AME/AC. Jauri e um militar experiente, conta com o respeito da tropa e a bagagem de 20 anos de serviço.

5 comentários:

  1. Com o dinheiro da ame o braga montou uma casa de material de construçao no bairro montanhes,rua flaviano melo,quase em frente ao seja,so que ta no nome do irmao dele....temos que pegar nosso dinheiro de volta e logooooo!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. JAGUNÇO VIRTUAL24 de maio de 2011 15:34

    Se houver irregularidades na CREDMAC, Justiça no rabo dela !
    E conclamem todos os militares do bem para apoiar a NOVA AME, voltando para o seio da associação.
    Essa é a hora e precisamos de força, inclusive financeira.
    O PRAGA, CREDMAC e outros pepinos ficarão em segundo plano.
    COLEGAS, VOLTEM PARA A AME TODOS AQUELES QUE HAVIAM DE DESLIGADO.
    ACREDITEM !

    ResponderExcluir
  3. Resgatem o veículo, façam assembléia para capitalizar, arrecadar dinheiro, vendam o carro, façam um sorteio, bingo, rifa............
    A NOVA AME 4 DE MAIO deve ressurgir das cinzas exatamente como a mitologica FÊNIX.
    FORTE DE VERDADE !

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente esse especulado reajuste acima de 10% proporcionado pelo "Governo do Povo do Acre" de nada servirá para nós militares estaduais. Vejamos, temos um “soldo=salário base” que é menos que um salário mínimo tendo que ser complementado com um valor de R$ 32,09, para totalizar R$ 545,00, agora se aplicarmos a porcentagem de 10% sobre o soldo (10% de 545,00) teremos R$ 54,45 de reajuste, se for 11% = R$ 59,95, 12% = R$ 65,40 , 13% = R$ 70,85, 14% = R$ 73,30 e 15%= 81,75. Isso mostra que é “trocar seis por meia dúzia!”. É brincadeira! Será que não temos o direito de ter pelo menos a equiparação do risco de vida em relação a um Coronel que ganha uns R$ 720,00, enquanto um Soldado ganha R$ 173,10. Isso nos mostra que a vida dele é mais importante que a de um policial que fica na rua arriscando sua própria vida, enquanto ele fica em sua sala de trabalho, no ar-condicionado, sentado e dando ordens. Bom vai ser para quem é Cel. que ganha pelo menos uns R$ 2.407,06 de soldo ou quem recebe um bom salário base (independente de categoria funcional). Segue abaixo o contracheque de um soldado da PM para provar o salário que recebemos e que não dá mais para nada! Vai ser o jeito paralisar tudo e obrigar o governo conceder o piso de R$ 3.070,00 mesmo que seja parcelado em dois anos (tendo reajuste de 6 em 6 meses) ou o risco de vida como negociação inicial.

    Governo do Estado do Acre

    Contracheque online
    ________________________________________
    Data: XXXXXXXXXXX Hora: XXXXXXXXX
    Referência: XXXXXXXXXXX
    Servidor: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    CPF: XXXXXXXXXXXXXXXXXX
    Matricula: XXXXXXXXX Conta: XXXXXXXX Agência: XXXXXX
    Cargo: SOLDADO
    Lotação: XXXXXXXXXXXXX
    Ref. Atual:
    ________________________________________
    COD DESCRIÇÃO VALOR TIPO
    1490 COMP DE SALARIO MINIMO R$ 32,09 C
    1588 GRAT RISCO DE VIDA LEI 1631/ R$ 173,10 C
    3010 SOLDO R$ 512,91 C
    3260 GRAT ADIC FORMACAO POL MILIT R$ 436,91 C
    3270 GRAT DE ATIVIDADE INTEGRAL R$ 389,08 C
    3290 ETAPA DE ALIMENTACAO R$ 352,01 C
    2080 PENSAO PM/BM R$ 208,57 D
    2183 FUNDO DE SAUDE - MS VL R$ 30,00 D
    ________________________________________
    9010 TOTAL BRUTO R$ 1.896,10 N
    9020 TOTAL DE DESCONTOS R$ 238,57 N
    9030 TOTAL LIQUIDO R$ 1.657,53 N
    www.acre.gov.br

    ResponderExcluir
  5. é um caso de polícia, lamentável a situação de quem tinha o respeito e a admiração da maioria da tropa.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.