quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Capitão Assumção faz nova convocação de militares pela luta da PEC 300

Passado segundo turno das eleições o Congresso Nacional volta às suas atividades normais. Essa 53º legislatura tem um compromisso em resgatar a dignidade dos bombeiros e policiais e essa matéria precisa ser aprovada antes da posse dos novos deputados. Entretanto, não podemos esmorecer. Temos que continuar o nosso trabalho sensibilizando todos os 513 parlamentares.
A pauta desta semana está trancada com 11 medidas provisórias. Além disso, não está tendo quórum. Após as eleições e o feriado de finados poucos deputados estão vindo à Brasília. Precisamos retornar imediatamente o trabalho de convencimento para o retorno da PEC 300 à ordem do dia.
Nossa persistência neste momento é fundamental. Michel Temer se comprometeu com um grupo de policiais paulistas a votar a PEC 300 até o final da 53º legislatura. Já passou da hora dele cumprir essa promessa feita tantas vezes. Basta da tal ‘semana que vem’. A palavra dita precisa ser honrada.
Não há mais pretextos. As eleições já passaram. Michel Temer é o vice-presidente eleito. Não tem porque ele não assumir sua posição na Câmara e colocar a PEC 300 em pauta.
O mandato de Deputado Federal ainda não terminou. Ou será que ele já pretende deixar isso nas mãos de outra pessoa e se dedicar aos interesses do novo cargo?
Temos todo o direito de cobrar a promessa que foi feita aos trabalhadores de segurança pública do Brasil. Dá tempo da PEC 300 ser aprovada nessa legislatura. Basta vontade política. Sabemos que é possível. Mas, vamos ter que lutar pela nossa dignidade com mais garra e afinco.
Mandem e-mails, mensagens, twitters, telefone a todos os deputados. Peçam que eles compareçam ao plenário. Nós podemos cobrar deles, principalmente de Temer, que ainda é o presidente desta Casa. Se temos uma chance vamos até o final nessa guerra. Tenho certeza de que a vitória será nossa. Vamos à luta!
Todas as desculpas acabaram. As eleições acabaram. A PEC 300 está pronta para ser finalizada na Câmara e o Senado concordou em votar num único dia.
Temos que prosseguir nessa determinação em insistir na conclusão do nosso piso. Não desistiremos da vitória

3 comentários:

  1. CAPITÃO MORRIMENTO5 de novembro de 2010 07:13

    A mais pura e criatalina verdade, é que fizeram de panacas, bobos e marionetes mais uma vez, todos os bombeiros militares e policiais do brasil que lutaram pela aprovação da tal de pec 300. Alguns colegas morreram nas estradas, inclusive.
    Estamos nesta merda de dar dó, porque deixamos tudo isso acontecer.
    Tantas viagens, tantos empurrões, tantas noites estradas afora, para nada, NADA !!
    Somos um "bando" de baratas tontas, sem moral, sem salário digno, sem liderança, sem perspectivas para um futuro melhor.
    Tenho vergonha, às vezes, por estar todo quebrado e muito pouco poder fazer.
    Foi humilhante, foi intempestivo (inoportuno), foi degradante, uma porrada na cabeça, o governo do estado presentear todos ou quase todos os funcionários públicos, pondo mel na chupeta com reajuste de merreca, e, mesmo assim e ainda assim, os militares ficaram e continuam com NADA. Pais de familia, homens de honra sendo torturados psicologicamente, esculachados, ex-comungados e sacaneados na cara de todos os outros funcionários públicos.
    Eu não valho nada !!

    ResponderExcluir
  2. Arrastão musica

    Eh! tem jangada no mar
    Eh! eh! eh! Hoje tem arrastão
    Eh! Todo mundo pescar
    Chega de sombra e João Jô viu
    Olha o arrastão entrando no mar sem fim
    É meu irmão me traz Iemanjá prá mim
    Olha o arrastão entrando no mar sem fim
    É meu irmão me traz Iemanjá prá mim
    Minha Santa Bárbara me abençoai
    Quero me casar com Janaína
    Eh! Puxa bem devagar
    Eh! eh! eh! Já vem vindo o arrastão
    Eh! É a rainha do mar
    Vem, vem na rede João prá mim
    Valha-me meu Nosso Senhor do Bonfim
    Nunca, jamais se viu tanto peixe assim
    Valha-me meu Nosso Senhor do Bonfim
    Nunca, jamais se viu tanto peixe assim

    Na virada cultural em SP, foi colocado em prática à música acima. Vamos refletir a antiga cultura e a sua virada no presente. O que é bom conservar – se (amor a Pátria, Educação moral e cívica). Lamentavelmente o socialismo da nova República faliu. Partidos políticos resolveram fazer vistas grossas ao crime. Banalizaram o crime contra a vida e o crack já não são mais os atletas. A ação da Polícia é sempre criticada pela mídia golpista. Policiais são condicionados a observar o cidadão agonizando. Proibidos de socorrer até burgueses vitimas de acidente de transito ou baleados. Nos anos anteriores tratava –se de omissão de socorro. Infelizmente o homem do campo perdeu a paz e o crime cresce. Até quando vamos votar nesses políticos arcaicos e sem visões. Evidentemente a PM encontra-se melindrada com os demagogos do poder. Menores de idade tem o direito de praticar crimes,considerada crianças. A Classe trabalhadora pode ser queimada viva,baleada,atropelada. (Com braço jogado em córregos, com a lei da impunidade) Comissão da verdade ignora a tortura e morte de Celso Daniel. A classe trabalhadora vivem sem Saúde,Educação e Segurança de qualidade. A pena de morte foi instituída,meliantes decidem quem deve morrer. Estupram,matam,afrontam o estado de direito, ameaçam Juizes, Promotores, Policiais... Talvez seja o genoino reflexo de políticos livres de presídios, debochando do STF. Enquanto prevalecer a lei do engano (futebol, novelas, sem punição a criminosos). Vítimas atuais de delinqüentes – sem amparo dos direitos humanos. Será que só existem as vítimas terroristas dos anos 60 e os atuais crimes? Por falta de competência o Brasil vive em uma anarquia, apelidada de Democracia. Portanto estamos vivendo em uma verdadeira virada cultural (diplomando analfabetos ) Policiais não pode ser responsabilizados pelo furto ocorrido contra o senador Suplicy. Houve até homicídio e o típico arrastão - patrimônio do chuchu,somado com o PCC. Até quando vamos viver com esses parlamentares hipócritas,fazendo arenas para a Copa. Enfim a mãe do PAC,Cabral,chuchu e demais não deram certo no comando do país. Eh! eh! eh! Já vem vindo o arrastão
    Eh! É a rainha Dilma,arrastando chuchu - pro rio, olha Cabral a zorra sem fim...

    A corrupção empobrece o país. Aos 1° sintomas da escravidão, PEC 300 é a solução.











    ResponderExcluir
  3. Infelizmente a PMESP, não consegue formar em seus quadros idealistas, com soldo baixo não pode exigir muito de seus candidatos, muitos entram em suas fileiras por não ser exigido curso superior.

    Os mercenários aproveitam a ingerência do Estado (após o aprendizado custeado pelos contribuintes e sem futuro) devido o descaso do governo, incluindo humilhações nos quartéis, que exigem produção nos autos de infração de transito e como sempre confronto com meliantes seguido de mortes, após a Polícia Civil passar a registrar tais atos como homicídios a esclarecer pela Polícia Técnica, o índice caiu.

    A desmilitarização daria um resultado melhor, com uma só justiça (todos subordinados permaneceriam como agentes da autoridade, reduzindo as graduações do alto escalão – que poderiam passar para a reserva ou auxiliares das Forças Armadas).

    O Estado com salários atrativos poderia recrutar candidatos com nível superior para quebrar os resquícios da ditadura anterior e também vícios e costumes seculares, treinados pela Academia da Polícia Civil, para ser de fato policiais, amigos e defensores da sociedade.

    As melhores Polícias do mundo não são militares, dessa forma poderia paralisar temporariamente a formação de praças e oficiais e preparar idealistas para a função da Segurança Pública, ao alcance de todas as classes sociais, caso contrario estamos observando PM atirando em Policiais Civis (disputando o poder) cientes que serão protegidos e responderão tais atos na Justiça Militar) o corporativismo sempre prevaleceu, protegendo aqueles que ferem as leis vigentes da nação (conforme o livro ROTA 66 de Caco Barcello) que revelou algumas verdades.

    Por outro é comum PM envolvidos em roubos a caixas eletrônicas – com explosivos, outros figuram como matadores de aluguel, utilizando o poder do Estado - executam rivais do crime organizado e ainda são condecorados.

    Bombeiros devem ser emancipados, cuja tarefa fim é salvar vidas em todos sentidos, diferente do Choque onde o melhor policial é o que mais mata, nas periferias.

    O Brasil merece uma Segurança de qualidade, o sistema de castas e o feudalismo estão enraizados na PM, há séculos (do império até o presente) tal corporação é caríssima aos cofres Públicos e são inimigos dos paisanas (que se trata dos cidadãos) temem somente os seus superiores e ignoram a justiça comum,bem como o MP.

    O militarismo sadio é necessário nas Forças Armadas

    Conclusão a PM - perdeu o respeito e a confiabilidade da população, o seu método de atuação já se encontra ultrapassado e já deveria ter acabado há muito tempo, lamentável.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.