terça-feira, 10 de novembro de 2009

Notícia publicada no site: www.ac24horas.com


Presidente da AME culpa Estado pelo assassinato do soldado
Segundo Ribeiro, com salários baixos, a maioria tem de fazer seus bicos para poder viver dignamente com sua família
O presidente da Associação dos Militares do Acre, Luiz Gonzaga Ribeiro, disse agora pela manhã que "o maior culpado pelo assassinato do soldado Edivânio da Silva Figueiredo, morto durante troca de tiros contra os assaltantes da loja VLG, onde prestava segurança nas horas vagas, é o governado do estado e a falta de política de valorização do policial militar em nosso estado."
Segundo ainda Ribeiro, "o governo mente quando diz que o militar no Acre tem um dos soldos melhores do país. O salário pago aos nossos policiais na conta deles, soma em torno de R$ 1.800, mas daí você desconta R$ 352 para alimentação e outros encargos trabalhistas, o que resta é uma merreca de pouco mais de R$ 1.300. Por isso a maioria tem de fazer seus bicos para poder viver dignamente com sua família", desabafou.
Da redação de ac24horas
Rio Branco, Acre

Um comentário:

  1. CAPMORRIMENTO@BOL.COM.BR11 de novembro de 2009 03:56

    O VULCÃO DE RAIVA E ÓDIO ESTÁ PERTO DE SUA ERUPÇÃO, NA BORDA, NA TAMPA, NO LIMITE...
    escrito por CAPITÃO MORRIMENTO, novembro 10, 2009

    DESGRAÇADOS;

    QUE CENA IRREAL, MACABRA, INACREDITÁVEL, ATERRORIZANTE, VER MEU COLEGA NO CHÃO MORTALMENTE FERIDO. DESGRAÇADOS TODOS VOCÊS ENGRAVATADOS DE MERDA ! DETIVERAM, ENCARCERARAM, APREENDERAM UM DOS ASSALTANTES E TEM GENTE ACHANDO QUE ISSO É JUSTIÇA ?!

    A JUSTIÇA NÃO FOI FEITA NEM AQUI NEM NA CHINA !! PARA CADA PROJETIL NO CORPO DE NOSSOS COLEGAS, (***moderado***)! O MEU COLEGA ACABA DE SER SEPULTADO. JOGUEM AS CARCAÇAS NA PORTA DO PROMOTOR LEGAL, DO DESCOMANDO DA POLICIA MILITAR E DO DESGOVERNADOR. FAÇAM O QUE DEVE SER FEITO OU O PRÓXIMO PODERÁ SER VOCÊ, EU OU ALGUÉM DE SUA FAMÍLIA OU DA MINHA.
    TEM GENTE ACHANDO QUE É BRINCADEIRA DE CRIANÇA LIDAR COM POLICIAIS DE HONRA ! PAREM DE MORRER !

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.