quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Notícia posta no site: www.ecosdanoticia.com

Secretaria de Segurança só liberou uso de armamento pesado após morte de Sargento
Somente no período da noite é que foi revelado detalhes do que aconteceu no início da manhã desta terça-feira,03, no confronto entre assaltantes e policiais militares na balsa do rio Purus entre os municípios de Feijó e Manoel Urbano.
Além do Sargento Josimar, que foi baleado por um assaltante e caiu nas águas do rio Purus e desapareceu, o soldado Benone também saiu ferido, ele foi alvejado com um tiro na perna.
Segundo informações somente três policiais estavam na barreira nas proximidades da balsa quando os assaltantes renderam um caminhoneiro e tentaram atravessar a balsa.
Pedindo para não terem seus nomes divulgados os militares contaram que os policiais que faziam a revista na barreira não usavam coletes a prova de bala e que durante o tiroteio eles usaram as próprias armas e tinham pouca munição.
Armamento pesado só foi liberado após a tragédia
Após o assalto ocorrido na sexta-feira, 30, na cidade de Feijó e a fuga dos assaltantes em direção a Rio Branco,pela BR 364, um efetivo de aproximadamente 100 homens da Polícia Militar foi destacado para a região.
No final da semana passada com a informação de que um assaltante havia sido preso em Rio Branco, o contingente retornou para Rio Branco e cidades vizinhas, ficando apenas meia dúzia de militares fazendo revistas nos veículos que atravessavam a balsa com destino a Sena Madureira.
Após o confronto na manhã desta terça-feira, a Secretaria de Segurança Pública liberou o uso de armamento pesado, como carabinas, fuzis e submetralhadoras e ainda reforçou o contingente com cerca de 100 policiais entre civis e militares.
Somente hoje mais três confrontos entre policia e assaltantes foram registrados
Por volta do meio dia os assaltantes renderam uma família de colonos e roubaram alimentos, ameaçaram as vítimas e fugiram para a mata.
Cerca de uma hora depois aconteceu mais um confronto entre os assaltantes e policiais no meio da mata. Na troca de tiros agora com a polícia usando armamento pesado os bandidos optaram por fugir novamente.
Cerca de 40 minutos depois outra troca de tiros e nova fuga dos assaltantes. Segundo o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Romário Célio, a captura dos assaltantes é questão de honra para o estado.
" O nosso efetivo foi reforçado, estamos com homens treinados para este tipo de ocorrência, teremos apoio do helicóptero o que vai ajudar e muito as buscas em terra, estamos com homens em lanchas pelos rios da região, vamos prender esses criminosos" declarou o coronel.

13 comentários:

  1. QUEM SEREI ? SOU PM - SOU BOMBEIRO - SOU INFANTE4 de novembro de 2009 03:36

    SENHORES SECRETÁRIOS DE COISA NENHUMA;

    ARMA DE GROSSO CALIBRE É LANÇA-ROJÃO . (Bazuca é o nome popularizado para o lança-rojão, uma arma anti-tanque em forma de tubo. O termo Bazuca é derivado do inglês "Bazooka

    ARMA DE GROSSO CALIBRE É UM OBUS. (O obus é uma peça de artilharia por excelência, parecido com um canhão. Entretanto, um canhão destina-se a realizar fogo direto, ou seja, apontado diretamente para um alvo, enquanto o obus dispara em trajetórias parabólicas, também chamadas oblíquas. A finalidade de um canhão é atingir um alvo específico, enquanto a de um obus é, no jargão militar, "bater área", ou seja, bombardear uma área com salvas seguidas que caem em pontos próximos, mas não exatamente no mesmo ponto. Isso é o que se chama "saturação de área". Quando se vê noticiários sobre guerras na televisão e a artilharia disparando apontada para cima, provavelmente essas armas são obuses.)
    ARMA DE GROSSO CALIBRE É CANHÃO.

    UM FUZÍL É ARMA "PORTÁTIL".
    UMA ARMA DE REPETIÇÃO CALIBRE 12 É ARMA "PORTÁTIL"
    UMA PISTOLA AUTOMÁTICA CALIBRE "PONTO 40" É "ARMA PORTÁTIL"

    HELICÓPTERO COLORIDO PARA PROCURAR PESSOAS NA SELVA, É APENAS PARA QUEIMAR QUEROSENE DE AVIAÇÃO E APARECER NA MÍDIA, A INFANTARIA É QUEM SABE DA PARADA, PORÉM, SEM ARMAS PORTÁTEIS, SEM DIÁRIAS, SEM UNIFORMES, SEM VIATURAS, DE BICICLETAS NA SELVA AMAZÔNICA......NEM MESMO O SENHOR "JOHN RAMBO" FARÁ SEU TRABALHO.
    A SUGESTÃO É: CAMPANAR COLONIAS DA REGIÃO, CACHORROS FAREJADORES SÃO BEM-VINDOS, BOMBAS DE EFEITO MORAL DE 30 EM 30 MINUTOS SÃO VERDADEIRA TORTURA PSICOLÓGICA, A FOME E O FRIO FARÃO COM QUE OS ASSALTANTES DE BANCO SAIAM DA FLORESTA.
    OUTRA SUGESTÃO É ENVIAR O COMANDANTE GERAL, SUB, TODOS OS OFICIAIS INTERNOS, SEM EXCEÇÃO, TODOS SEM O COLETE DE KEVLAR, COM ESPINGARDAS DE CHUMBINHO, SEM DIÁRIAS, SEM FARDAMENTO, SEM AUTO-ESTIMA, SEM DINHEIRO NO BOLSO, BLÁ, BLÁ, BLÁ E ETC.
    ASSIM TALVEZ CONSIGAM " SATURAR A ÁREA " !

    ResponderExcluir
  2. ENOJADO, NAUSEABUNDO, TRISTE MAS CENTRADO4 de novembro de 2009 03:59

    INFANTE disse...SENHORES SECRETÁRIOS DE COISA

    ARMA DE GROSSO CALIBRE É LANÇA-ROJÃO . (Bazuca é o nome popularizado para o lança-rojão, uma arma anti-tanque em forma de tubo. O termo Bazuca é derivado do inglês "Bazooka

    ARMA DE GROSSO CALIBRE É UM OBUS. (O obus é uma peça de artilharia por excelência, parecido com um canhão. Entretanto, um canhão destina-se a realizar fogo direto, ou seja, apontado diretamente para um alvo, enquanto o obus dispara em trajetórias parabólicas, também chamadas oblíquas. A finalidade de um canhão é atingir um alvo específico, enquanto a de um obus é, no jargão militar, "bater área", ou seja, bombardear uma área com salvas seguidas que caem em pontos próximos, mas não exatamente no mesmo ponto. Isso é o que se chama "saturação de área". Quando se vê noticiários sobre guerras na televisão e a artilharia disparando apontada para cima, provavelmente essas armas são obuses.)
    ARMA DE GROSSO CALIBRE É CANHÃO.

    UM FUZÍL É ARMA "PORTÁTIL".
    UMA ARMA DE REPETIÇÃO CALIBRE 12 É ARMA "PORTÁTIL"
    UMA PISTOLA AUTOMÁTICA CALIBRE "PONTO 40" É "ARMA PORTÁTIL"

    HELICÓPTERO COLORIDO PARA PROCURAR PESSOAS NA SELVA, É APENAS PARA QUEIMAR QUEROSENE DE AVIAÇÃO E APARECER NA MÍDIA, A INFANTARIA É QUEM SABE DA PARADA, PORÉM, SEM ARMAS PORTÁTEIS, SEM DIÁRIAS, SEM UNIFORMES, SEM VIATURAS, DE BICICLETAS NA SELVA AMAZÔNICA......NEM MESMO O SENHOR "JOHN RAMBO" FARÁ SEU TRABALHO.
    A SUGESTÃO É: CAMPANAR COLONIAS DA REGIÃO, CACHORROS FAREJADORES SÃO BEM-VINDOS, BOMBAS DE EFEITO MORAL DE 30 EM 30 MINUTOS SÃO VERDADEIRA TORTURA PSICOLÓGICA, A FOME E O FRIO FARÃO COM QUE OS ASSALTANTES DE BANCO SAIAM DA FLORESTA.
    OUTRA SUGESTÃO É ENVIAR O COMANDANTE GERAL, SUB, TODOS OS OFICIAIS INTERNOS, SEM EXCEÇÃO, TODOS SEM O COLETE DE KEVLAR, COM ESPINGARDAS DE CHUMBINHO, SEM DIÁRIAS, SEM FARDAMENTO, SEM AUTO-ESTIMA, SEM DINHEIRO NO BOLSO, BLÁ, BLÁ, BLÁ E ETC.
    ASSIM TALVEZ CONSIGAM " SATURAR A ÁREA " !

    PRONTO PARA QUAISQUER MISSÕES :
    mergulhofonseca@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. O comandante fala de aparato do Estado, mas que aparato é esse??? Um barco? Lá tem vários, barcos e motores! O avião do PT, nesse tipo de ocorrencia na selva, sabe quanto ele contribui??? NADA digo ZERO. QUE esquema foi montado pelo BOPE após o assalto em feijó para prender os meliantes, com barreiras estrategicamente estabelecida??? O BOPE fuigiu da "raia"??? O QUE faziam esses PMs sem equipamentos de segurança nesse tipo de abordagem??? QUEM determinou essa missão??? Essa abordagem não era do BOPE??? O QUE fazia esse PM que foi rendido se afastando da guarnição sem que estivesse coberto e abrigado? POR QUE o BOPE não estava na balsa??? Estavam onde??? O sistema de segurança do Estado mais uma vez mostrou está despreparado para combater o crime. Sabe quanto está o placar para os assaltantes de banco no Acre?????? 2x0. Vergonha!!!!

    ResponderExcluir
  4. Prezados irmãos e amigos da Policia Militar, na verdade não sei nem por onde começar este comentário.
    Nesses últimos dias a bandeira do acre foi tingida de sangue, a estrela ficou mais vermelha e o estado mais frágil. Quando se mata um policial é como desse um tiro na própria constituição federal porque nela reza que segurança pública é deve do Estado e só há segurança se há policiais, estes desmotivados, tristes e abatidos como estão, por que são serem humanos, não há segurança logo a constituição fica rasgada e sem força.
    A fragilidade da policia militar não é de hoje. Há muito tempo os policiais vinham se manifestando por melhoria nas condições de trabalho: armamento, munição, fardamento, treinamento eram pontos significativos, nas manifestações da Associação da PM E BM.
    Nada foram considerados e nesses últimos dias estamos sofrendo as conseqüências da irresponsabilidade de nossos comandantes e autoridades. O placar está 5x1 para os bandidos. 5 (cinco) policiais militares mortos e apenas 1 (um)bandido morto pela PM. Na verdade a Policia não quer matar bandidos, porem também não quer morrer. Não se pode brincar com segurança publica com politicagem. A verdade tem que se dita. A policia trabalha com amadorismo, sem profissionalismo, sem planejamento, sem projeto de trabalho. A prova é tanto que mandou policiais Militares esperá bandidos, super armados, com revolver e sem colete. Isso é brincadeira, suicídio, é amadorismo.
    Todas instituições precisa de comando, a Militarismos mais ainda. E há muito tempo esta instituição séria e de grande valia à sociedade vem sofrendo as conseqüências por falta de um comandante que represente a corporação na sua integra. O que mais chateia é o descaso do governador que nada faz pra mudar.
    Assim ficamos: desmotivados pra trabalhar, porque o próprio comandante não trabalha, não faz a parte dele, de representar bem os seus comandados; inseguros porque o próprio governador e seus secretariados, sobretudo da segurança pública, ver os próprios policiais como baderneiros.
    É duro, porem tenho que informar que policiais tem família, governador. Tem mãe, esposa, filhos, irmãos e amigos... E estes sofrem, e muito, com a morte deles. Mãe do policial de Cruzeiro do Sul chora noite e dia a morte de seu filho; seus filhos, inocente, pergunta porque mataram seu pai. Sua esposa não consegue entender porque seu marido sempre se dispôs tanto servir um ESTADO que não lhe oferece um minimo de condição de trabalho e paga muito mal. São questionamentos existencial e substancial e que nos leva reflexão: nós que ainda estamos vivos vale apena tanta dedicação? Deixarmos pra trás filhos, mãe e esposa, irmãos e amigos para defendermos uma ideologia dominantes. Sejamos críticos. “Mas vale um covarde vivo do que um herói morto.” Ou não? A minha família prefere, não sei o estado com suas piscina cheia de ratos.

    ResponderExcluir
  5. pareçe que a PEC saiu, mas nao a PEC por qual lutamos..

    ResponderExcluir
  6. ÉTICO E MORAL.

    Parece brincadeira como esse estado trata a segurança pública!
    senhora secretária,os crimes estão acontecendo!Ninguem ta brincando de esconde-esconde nao!
    É nisso que da, colocar uma secretaria tão importante não mãos de quem só tem um pouco de teoria e mais nada.Pessoal, segurança pública é coisa séria,e não um lugar de se fazer política.
    Essa é boa: para se atender uma ocorrência é preciso que a secretária libere o uso de ar tal e coisa e tal,brincadeira...

    ResponderExcluir
  7. Grande perda para a PM. Eu e o Sgt crescemos juntos no 2º Distrito de Sena Madureira. É muito triste ver a foto do meu amigo exposta como morto. Muita força para a dona Toinha, o Leudo, o Jacamim, o Nilton e o nenezinho, que Deus possa confortar vocês.
    Marinaldo

    ResponderExcluir
  8. E ai judiciário!!! Vocês já criaram mecanismos de proteção ao vagabundo que era espancado e maltratado pela polícia e outros orgãos de segurança pública. Punem quem mata vagabundo numa pressa!!! E agora criem mecanismos de proteção para o profissional de segurança pública, se assim não o fizer, tenham certeza que esses profissionais e pais de famílias que estão morrendo é por culpa dos senhores do judiciário. Quando um polícial comete uma falha, este é responsabilizado por todos e principalmente o judiciário (vida boa só tem contato com o vagabundo algemado pela polícia ou com políciais ao seu lado) e nesse momento são o ESTADO, pois representavam o estado e teoricamente eram preparados para agir corretamente ou seja não pode cometer erros, mas quando este é acometido por algum vagabundo este mesmo profissional já não é mais o estado é apenas um cidadão comum. Vocês do judiciário são muitos burros, estão afundando as instituições de segurança pública e matando pessoas (profissionais) inocentes, acordem.....

    ResponderExcluir
  9. Não sei se vcs utilizam cães para este tipo de serviço. Correr atrás de vagabundo no meio da mata (selva) é burrice, vagabundo fica escondido em uma moita e te prega fogo sem dó, este tipo de escória não tem dó nem da família.
    Seria fundamental que utilizassem cães bem treinados, pelo curto (o pastor alemão é muito bom neste serviço, mas na selva por ter pelo longo vai cansar muito), recomendo usarem o Dogo Argentino, é um cão de porte grande, avantajado e muito valente a mandíbula dele tem uma força de dar inveja ao mais forte dos pit bulls, quando pegar um vagabundo destes verão o que é bom e o faro é excepcional (na Argentina usam para caçar javalis que chegam a 180 quilos).
    Vcs não estão usando armamento pesado e, sim, armamento de apoio, cobertura, armas portáteis.
    Recomendo utilizarem a sub mtr FAMAE calibre .40, vem de fábrica com 3 carregadores com capacidade para 30 cartuchos e permite fazer o tiro duplo (cada vez que aciona-se a tecla do gatilho 2 disparos são feitos automaticamente), além de rajada e intermitente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Boas dicas desse último comentarista!
    Acontece parceiro, que as cabeças "pensantes" dessa polícia se habituaram ao comodismo das suas patentes! Até uns 10 anos atrás era moleza ser oficial! Agora tem que pensar, que trabalhar dois expedientes, mostrar produtividade...
    O problema é que salvo raras exceções, a maioria ainda deles simplesmente não consegue pensar pq só tem o antigo segundo grau! O tempo passou e só se ligaram em esperar suas confortáveis promoções!
    Resultado: a polícia está um caos... e o pior é que o militarismo contribui fortemente para esse "comodismo oficial"!
    Esse comandante (***moderado***) era oficial segunda classe no EB e foi enfiado na polícia. Não passou por uma academia de formação policial e é "comandante" de polícia!!! Por isso (***moderado***)!
    Resultado: ele não é do EB, não quer ser PM pq não ENTENDE o que é ser policial e não se identifica com os policiais por conta de seu antigo e extinto vínculo com o EB: caos total!

    É um ótimo perfil pra ser (***moderado***) do governo!

    Só diz "sim, senhor!" (como todo militar burro) pro governo e que se lasquem os policiais!

    Observem que chama os policiais de "guerreiros" que é o termo utilizado pelos militares do EB para tratar seus recrutas!

    Não somos "guerreiros", (***moderado***)!
    Somos policiais: prendemos quando a Lei manda, tiramos a vida quando a Lei manda, preservamos a vida quando a Lei manda!

    É o comando em que faleceu a maior quantidade de policiais: a vida ainda vai te cobrar o peso das mortes que vc tem sobre seus ombros...

    ResponderExcluir
  11. Caro amigo "segura a peteca", mano véi perdi um parceiro cara e estou sangrando por dentro, esse sargento trabalhava comigo.Como todo policial disponibilaza a sua vida em prol das dos outros. Esse nosso **moderado**, não nos ajudou em nada, 4 dias depois da morte do sargento ainda não temos armamento apropriado para todo mundo. Nesta sexta por pouco o cara não foi meu, faltou apenas paciência de outros colegas. Mas estou a 7 dias nessa luta e creio que comerei o figado dele(assassino).

    ResponderExcluir
  12. Estamos vendo no Rio um secretário que também não sabe o que é segurança acabar com a segurança no estado e, principalmente, na capital.
    Pelo visto no Acre vcs tem uma mulher acabando com a segurança e junto um cmt geral que não sabe o que faz, está mais perdido que cego em tiroteio no escuro e com a luza apagada.
    Pelo visto não pisou o chão da fábrica.
    Aqui em Minas não é muito diferente, temos uma secretaria com pessoas que acham que entendem de segurança, um cmt muito burocrático, só preocupa com documentos e nrs.
    As unidades e frações (cias e pel) viraram centros estatísticos. Tudo é nr e o pior de tudo que não são confiáveis, não acreditem no que a imprensa mostra.
    Mas pelo menos tem uma vantagem: as armas são boas e vtrs idem, bandido sabe que enfrentou leva chumbo.
    Mas temos um MP e Judiciário que salvo raras excessões parece que tem medo de bandido, qualquer coisa quer ferrar o PM.
    O salario comparado a outros estados é muito baixo: soldado inicial de R$ 1.700,00 ( na capital é difícil ter um bom padrão e o governo constroi um cento administrativo faraônico gastando 1 bilhão e 200 milhões).

    ResponderExcluir
  13. "Fraqueza", parceiro véio, toma cuidado nessas incursões aí! Não vá se expor demais pra garfar o fígado desse fdp bandido!
    Tenha paciência!
    "Sobriedade para resistir, paciência para emboscar"!
    Estamos todos solidários com os Papamaiks daí!
    Qdo puder me liga!
    Abraços!
    Tamo aki parceiro véio!

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.