sábado, 7 de novembro de 2009

Notícia postada no site: www.capitaoassumcao.blogspot.com

Lula diz que PM precisa ganhar mais para não levar 'propina da bandidagem'
presidente Lula discursou durante a solenidade de sanção do plano de carreira dos militares da PM e do Corpo de Bombeiros do DF, nesta sexta-feira (6) (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Segundo ele, sociedade corre risco se policial tiver de 'fazer bico'.No Distrito Federal, salário inicial de soldado da PM é de R$ 4 mil.

Do G1, em Brasília
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (6), após sancionar lei que cria plano de carreira para policiais militares e bombeiros do Distrito Federal, pagar bons salários é o único jeito de evitar que agentes de segurança levem “propina da bandidagem”. No Distrito Federal, cada soldado da PM recebe pelo menos R$ 4 mil de salário inicial.
“A única hipótese de a gente não ter um policial levando propina da bandidagem é o policial ganhar o suficiente para ficar tranquilo”, disse Lula para plateia de policiais e bombeiros do DF.
Falando sobre a questão da segurança pública no Rio de Janeiro, Lula disse ainda que os policiais têm de receber salários que garantam o sustento de suas famílias para não ter que recorrer a outros trabalhos –os chamados "bicos".
“É preciso dar bons salários aos policiais do Rio de Janeiro para a gente exigir que ele cumpram sua função. Se precisar fazer bico, já estamos correndo risco. Se ele ganhar pouco e precisar trabalhar fora já estamos correndo risco”, discursou o presidente.
Lula disse que a lei sancionada em benefício da PM do Distrito Federal deve ter repercussão nacional, mas que é preciso levar em conta que nem todos os estados têm a mesma capacidade financeira da capital federal.
“Eu sei que corremos um risco, porque aprova aqui e os outros estados também querem. Temos que levar em conta o poder dos cofres do estado. Nem todos os estados podem dar o que deu Brasília, que tem uma condição especial. Portanto, não podemos cobrar isso que o DF fez. Não podemos cobrar isso de Roraima, de Alagoas por exemplo”, disse o presidente.
Ele disse ainda que é preciso resolver com as corporações da PM questão dos turnos de trabalho. Segundo ele, não é possível continuar com as escalas de trabalho por 24 horas e 72 horas de folga.“Essa história de trabalho de 24 horas por 72 horas, temos que discutir. Primeiro, achar que um ser humano pode trabalhar 24 horas sem dar uma cochiladinha é acreditar em Papai Noel. É melhor que os companheiros ganhem melhor e tenham companheiros para trabalhar oito horas por dia, durante todo o dia”, declarou.
Segundo a PM, o novo plano de carreira permitirá a promoção de 12 mil policiais, o que resulta em reajustes salariais. Contudo, a PM não soube informar o impacto sobre a folha de pagamento.A PM tem um efetivo de 13 mil policiais no Distrito Federal e com a aprovação também poderá contratar até mais 3 mil agentes, 1,5 mil já em janeiro de 2010. O outros serão contratados somente em 2011.
DilmaA ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse que a sanção do novo plano de carreira dos PMs do Distrito Federal era a realização de um “sonho” para os policiais. Em clima de campanha, a ministra disse para a plateia de policiais que é o momento permite dizer "que é preciso defender as políticas sociais do governo Lula porque elas levaram para o país mais saúde e mais oportunidades”, afirmou.


Durante audiência pública da PEC 300 em Roraima, o Deputado Federal Francisco Rodrigues foi enfático: PEC 300 "...Ou resolve o problema...ou nós paralisamos o Brasil."

Veja o vídeo clicando no link abaixo:

6 comentários:

  1. já sabia que essa pec era ilusão!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. É Senhor Presidente, têm Estado sim que não pode pagar bem, mais porquê? Simples, a solução é só acabar com as mordomias dos políticos e diminuir seus gordos salários e, principalmente acabar com a mordomia do Excelentíssimo Presidente da República e Primeira Dama que não faz NADA DE SOCIAL, SÓ GASTA O SUADO DINHEIRO DO POVO, como estar numa reportagem de uma certa revista. Também, acabar com aposentadorias de GOVERNADORES e SENADORES, né? Vamos diminuir todos esses salários políticos que dá... dá sim... Basta vontade, né Presidente Lula? Ou é para campanha? Não pode aumentar igual Brasília não é? ABAIXEM SEUS SALÁRIOS E MORDOMIAS QUE DÁ SIMMMM!!!
    Eu

    ResponderExcluir
  3. Policial Militar do Brasil7 de novembro de 2009 17:59

    Valeu Lulla, é por isso que eu não voto em PT. Um vagabundo como você, que vai ganhar uma aposentadoria de Presidente para o resto da vida, ainda joga lama no sonho dos Policiais e Bombeiros do Brasil. Olha que a tua Dilma vai sofrer com as besteiras que tu fala.

    ResponderExcluir
  4. Se ganhar bem significa não se corromper, então porque será que deputados e senadores roubam tanto? A corrupção não está na polícia, esta nesse governo de merda do Partido dos Trambiqueiros

    ResponderExcluir
  5. O q vcs esperavam de um presidente q se aliou ao Renan Calheiros, Sarney e Collor?
    A fórmula para pagar os PMs é muito simples: é só combater a corrupção nos Estados q vai sobrar muuuuuuuito dinheiro!

    ResponderExcluir
  6. ÉTICO E MORAL.

    Companheiros, se por ventura essa PEC não for aprovada,vamos tomar vergonha na cara e não votar mais nesses caras que aí estão,digo:PM tem que votar em PM e ném em todos,temos que ser bastante caltelosos na hora de escolhermos aqueles que vão nos "representar"

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.