sexta-feira, 18 de março de 2011

Militares definem pauta de negociação com governo em Assembléia Geral

Mais de 500 militares entre bombeiros e policiais estiveram ontem à noite no Colégio Estadual Armando Nogueira para ouvir e dar opiniões sobre a pauta de negociação criada pela comissão especial formada por clubes e associações das duas instituições. Os militares ficaram exprimidos em cadeiras e corredores, além de vários que não conseguiram entrar no auditório. Os municípios do Bujari, Plácido de Castro, Sena Madureira, Quinari, dentre outros estiveram representados.
Além dos presidentes das entidades, estiveram no evento o deputado estadual Major Rocha (PSDB), o deputado Jamil Asfury (DEM) e o vereador de Rio Branco Sargento Vieira (PHS).
Os militares aprovaram o piso a ser negociado no valor de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais), pago em parcela única, a obrigatoriedade de diploma de nível superior para ingresso nas instituições e a inserção de mais seis pessoas na comissão.
“Foram feitos 4 (quatro) encaminhamentos durante a Assembléia-Geral, os quais, individualmente, depois de postos em votação e aprovados por maioria absoluta dos presentes culminaram nos seguintes feitos: I-) inclusão de dois representantes dos inativos no Grupo de Representações Militares (MAJ PM RR José Océlio de Araújo e SGT PM RR Antônio José Rodrigues de Carvalho). II-) inclusão no Grupo de Representações Militares de policiais militares das turmas de 2.000, 2.002 e 2.009. Assim, passam a integrar o Grupo representando a turma PMAC de 2.000 os Sargentos PM João Ricardo Peres Leorne e Kallyl Moraes de Aquino. Representando a turma PMAC de 2.002 passa a integrar o Grupo o Soldado Charles de França Pereira e, por fim, representando a turma PMAC de 2009, Raílson do Carmo Silva. III-) Aprovação da pauta salarial apresentada e homologação por maioria absoluta dos presentes do Grupo de Representações Militares Estaduais para conduzir a pauta de negociação salarial frente ao Governo do Estado, consoante proposto pelo Presidente da APRABMAC. IV-) De acordo com o último encaminhamento, proposto pelo Deputado MAJ Rocha, se até a data do dia 31 de março de 2011 o Governo não iniciar efetivamente as negociações sobre a pauta salarial aprovada, os militares estaduais (PM e BM) farão uma grande Assembléia-Geral em via pública, envolvendo inclusive as respectivas famílias, parentes e amigos, e lá encaminharão outras medidas, conforme o caso”, afirma a ATA da assembléia.


Foto: Blog do Major Rocha

9 comentários:

  1. PARABÉNS A TODOS NÓS MILITARES DO AC PELA PRESENÇA MACIÇA. Mostramos a nossa UNIÃO E FORÇA.
    Esperamos apenas que na próxima 1) iniciemos no horário previsto (muitos saíram, pois tinham compromisso às 19h00) 2)moderemos os discursos políticos (muita repetição do que alguém já falara). 3)precisamos ser mais práticos. E ser prático nisso é abrir os trabalhos agradecendo a presença de todos, colocando os objetivos do encontro, apresentação e defesa das propostas de forma claro e, por fim, a votação. Agradecimentos e marcação de novo encontro, se for o caso. Contudo, foi um sucesso.

    ResponderExcluir
  2. É IMPRESIONANTE COMO CERTAS PESSOAS GOSTAM DE CITAR E RELEMBRAR O "ESQUADRÃO DA MORTE" QUANDO É PRA CRITICAR A POLÍCIA MILITAR, COMO SE TODA A POLICIA TIVESSE PARTICIPADO DAQUELA VERGONHA, MAS NÃO VEJO COM A MESMA FREQUÊNCIA ELES DEFENDER QUE O POLICIAL PRECISA DE APOIO POR PARTE DO ESTADO CONTRA O CRIME, E MUITO MENOS QUANDO VÍ O PM "JUCIVAN" AMARRADO COMO SE FOSSE PORCO COM UM TIRO NA CABEÇA POR PARTE DE MARGINAIS, QUE DIREITO À VIDA TEMOS..

    ResponderExcluir
  3. Devemos valorizar a policia de todo país, pois não podemos continuar menosprezando quem nos defende nos momentos mais difíceis de nossas vidas... parabéns para nossos amigos militares que deixam suas famílias em casa para defender as nossas, valorização profissional já...

    ResponderExcluir
  4. PM e BM unidos não tem para ninguem. Abraços a todos que participaram tem mais.....

    ResponderExcluir
  5. Amigos vejam a matéria a baixo no Blog do Calixto. Lembram que eles ameaçaram expulsar Pms após a manifestação 4 de maio? Eles se merecem.

    Matéria

    Na reserva bem remunerada depois de ter feito uma administração próxima ao medíocre na Polícia Militar o Cel. Romário Célio não ficou desamparado.

    O chefe do Ministério Público , procurador justiça Sammy Barbosa, o nomeiou para sua segurança no pomposo cargo de Assessor Militar.
    Fonte: Blog do Calixto

    ResponderExcluir
  6. O ladrão de cervejas???

    ResponderExcluir
  7. cada dia que passa vejo que os sem-noção petistas se superam na falta de coerência, se não me engano anos atrás os ptistas elogiavam os PMDEBISTAS de ladrões pra não falar outras coisas, agora como eles estão no poder, sebastião mengana nomeia UM DOS SIMBOLOS DAQUELE PARTIDO PRA LHE ASSESORAR, me pergunto em que....

    ResponderExcluir
  8. Bombeiro é mau(l): MAL descansa entre um plantão e outro, MALpago, MALtratado por boa parte dos Oficiais e por todo o Governo!19 de março de 2011 11:44

    A Comissão, que já estava bem formada antes da Assembléia-Geral, ficou melhor ainda. Só que uma coisa é a Comissão toda ( com 5 associações militares, 2 parlamentares, 1 suplente de Federal, assessores do Gabinete do Deputado Rocha, 2 soldados de 2000, 1 de 2002, 1 de 2009, 2 militares da inatividade etc.) se reunir entre si para preparar e melhorar pauta salarial; o que não pode é esse grupo de mais de 20 pessoas sentar ao mesmo tempo em uma mesa de negociação salarial... Daí o Governo entra no meio e divide e enfraquece tudo. Até porque a AME AC com certeza estará lá a mando do Governo. Para negociar só os representantes legais de Associações devem sentar à mesa. Pelo menos é a opinião deste assíduo leitor.

    ResponderExcluir
  9. Vou lhes dizer o que ví na Reunião:
    União, força, gana por um futuro melhor, organização, esperança, disposição, coragem.
    Um dia desses eu ouvi um papo entre dois policiais e um deles questionava o que havíamos conquistado com o movimento 4 de maio ("VERGONHOSO" na opinião dele), e o outro policial repondeu:
    1) Um vereador (que tem que melhorar muuuito);
    2) Um deputado verdadeiramente REPRESENTANTE da categoria (Major Rocha), radicalmente diferente das DUAS múmias que ocuparam cadeiras na ALEAC em nome dos PM/BMs e só se beneficiaram;
    3) Uma associação verdadeira forjada a ferro e fogo (que não é a AME) nascida dos anseios e necessidades da categoria PM/BM;
    4) Um blog (a4demaio.blogspot.com) que, por enquanto, é o SEGUNDO MAIS ACESSADO DO ESTADO DO ACRE;
    5) O reforço de outros políticos à causa dos policiais e bombeiros. Dep Jamil Asfury é policial federal e sindicalista hábil em negociações salariais - apresentou um "workshop" de organização sindical aos presentes, é um MEGA REFORÇO à nossa causa, ou seja, votamos em UM e agora temos DOIS, poderíamos ter TRÊS, mas Walter Prado é pt...
    6) A sociedade de forma geral está alinhada com os PMs/BMs, vejam os comentários populares acerca do vídeo que denuncia falsamente PMs de terem praticado tortura. vejam em altino.blogspot.com e www.janelao.net (o próprio "jornalista" é criticado severamente pela população!)
    7) A simpatia de outras categorias profissionais do Estado/município, como a Educação e a Saúde, mediante a habilidade política do NOSSO GRANDE DEPUTADO MAJOR ROCHA!
    Tá bom pra tí, policial que não viu as conquistas?!
    Só tenho uma frustração dessa assembléia...
    O cara de macaco-prego (moisés diniz) não mostrou a cara feia por lá! Fez um bafafá enorme e depois correu... Correu pra tentar apagar o incêndio gerado pela sentença condenatória por corrupção em Tarauacá!
    Cabra safado...

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.