quarta-feira, 23 de março de 2011

Comissão salarial reúne bombeiros militares em Cruzeiro do Sul

Militares estiveram reunidos na manhã da última terça-feira, dia 22, no Quartel do Corpo de Bombeiros de Cruzeiro para debater questões salariais e retirar algumas dúvidas sobre propostas anteriores e não salariais.
Fora as formaturas, a atividade foi uma das que mais reuniu militares na corporação nos últimos tempos e serviu para demonstrar o interesse da categoria em mudanças salariais em caráter de urgência.
“O Corpo de Bombeiros de Cruzeiro aceitou o nosso convite e veio para reunião disposto a ouvir, falar e a nos ajudar na mobilização do nosso efetivo. Isso é bom porque 90% do sucesso dessa negociação depende dos militares e 10% da comissão, isso porque são os militares que decidem, nós representamos essas decisões”, disse o deputado Major Rocha.
Os bombeiros tinham muitas dúvidas quanto ao risco de vida, porte de arma, escala de serviço dentre outras questões. Eles alegam que trabalham mais de 72 horas semanais, o que fere a Constituição Federal que afirma o máximo de 44 horas.
“Quando é para nos prejudicar, dizem que temos legislação própria. Quando é para nos beneficiar essa prerrogativa não existe”, declarou Rocha.
Hoje, dia 23, a comissão se reúne com militares do Corpo de Bombeiros e Policia Militar em Tarauacá no período da manhã e seguem à tarde para Feijó, onde realizam uma reunião às catorze horas.

10 comentários:

  1. juntos somos forte,MAJ ROCHA o sr. está no caminho certo,e tenho certeza que DEUS,lhe conduzirá,para mostrar àqueles que lhe defamavam,que o sr. é o representante da PM,infelizmente não podemos dizer o mesmo do SGT VIEIRA,que ficou pelo meio do caminho,talves inganchado com alguma linha de "CEROL".

    ResponderExcluir
  2. *** ATENÇÃO ***

    Não temos DIGNIDADE.
    Queremos DIGNIDADE.
    Não temos nada para oferecer às nossas familias.
    Façam alguma coisa UNIDOS agora, não "esperem acontecer".
    O fato de o DEPUTADO MAJOR ROCHA estar numa verdadeira ODISSÉIA, PEREGRINAÇÃO, RALLY DE REGULARIDADE(PRECISA ESTAR EM MUITOS MUNICIPIOS NO MENOR TEMPO POSSÍVEL)voando pelos ares Acreanos e comendo poeira e/ou escorregando numa laminha básica, este fato inédito, isso demonstra o tamanho de sua vontade e do seu compromisso em mudar definitivamente tudo o que está errado com referencia aos nossos direitos.
    Estejam juntos e misturados, estejam ao lado do DEPUTADO MAJOR ROCHA.
    Não esqueçam que o MAJOR ROCHA é um POLICIAL MILITAR e comprou verdadeira guerra contra um monte, uma RUMA, uma alcatéia inteira de LObinhos da vida.
    CONTEM COM ELE, ELE CONTA COM TODOS NÓS !
    DIGNIDADE AGORA !!!

    E para as AMEBAS que insistem em visitar o Blog somente para semear a discórdia e servir de estafeta, contínuo, oficce boy e MOLEQUE DE RECADO, recolha-se à sua insignificância, viva, deixe viver e, se puder ajudar, não atrapalhe.

    ResponderExcluir
  3. Quase mendigo vendendo um RIM23 de março de 2011 07:05

    Major Rocha, ta todo mundo querenso saber sobre a desistência ou não, boatos ou não, mentiras verdadeiras ou não... Da isonomia risco de MORTE iminente sem grana.

    ResponderExcluir
  4. VOUPOULOS NOPOPOULOS COM AREIA23 de março de 2011 07:08

    Precisamos saber sobre isonomia.
    Precisamos saber sobre estratégias.
    Precisamos saber sobre o que será pedido, se isonomia, 3.500, ou só isonomia, ou só 3.500, ou greve, ou todos pra cadeia, ou todos pra justiça.

    ResponderExcluir
  5. Queremos noticias sobre o que acontecerá até o dia 31 de março e após o 31 de março.
    Revolução ?
    Passeata com familiares com panelas vazias, aquartelamento, suicidio em massa, fuga para o centro da floresta, etc.....
    Precisamos saber !

    ResponderExcluir
  6. Esse texto abaixo foi copiado do site da PC de Mato Grosso. Para aqueles "fodões" que fizeram aquela merda na missão do assalto ao Banco do Brasil de Feijó e que ainda sairam pagando de bomzão.Na missão foi perdido um Guerreiro e o vagabundo vai se vangloriar pelo resto da vida. Não podemos confiar em "colegas" que agem assim.

    Trecho da Matéria abaixo:

    - José Hamilton da Silva, 24 anos, o “Ceará”, surgiu nas investigações com o nome de Severino Rodrigues da Silva. Trata-se de um bandido com importante histórico criminal. Era procurado pela Polícia do Ceará por vários crimes que teria praticado naquele Estado. Pela GCCO, foi cumprido mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de Missão Velha, no Ceará. O assaltante tem um cacoete nervoso, que o faz ficar repuxando o pescoço. Em 2009, participou de um roubo na cidade de Feijó,no Acre, que culminou na morte de um policial.

    ResponderExcluir
  7. gostaria de saber que fim levou aquela conversa da associação 4 de maio.não se fala mais disso.

    ResponderExcluir
  8. A polícia militar nunca teve tão unida como está agora!O major Rocha ta conseguindo fazer isso.Vamos fazer um vereador em cada município do nosso acre,para que sejamos cada vez mais fortes.


    UNIDOS SOMOS FORTES!!!

    ResponderExcluir
  9. Cidadão Informado24 de março de 2011 10:45

    Existem comentários em meio a tropa (CBMAC e PMAC - CZS) QUE: por causa dessa foto, o Cmt do 4° BPECIF, foi notificado a comparecer com urgência na Capital. Pelo fato da tropa de Bombeiros tirarem uma foto com um MAJ PM da reserva remunerada, e atualmente DEPUTADO ESTADUAL em defesa das categorias (CBMAC e PMAC). Analisem os fatos. É por essa e outras que o partido que se encontra no poder está se afundando, acham que essas noticias não se espalham em meio a sociedade. E o que fica explicito, para as categorias em questão e demais, é que ninguém pode sair em defesa de categoria alguma.
    Idéia para os “poderosos”, se não desejam que pessoas de caráter ilibado saiam em defesa de categorias esquecidas, lembrem-se delas, valorizem-nas.

    ResponderExcluir
  10. Bombeiro é mau(l): MAL descansa entre um plantão e outro, MALpago, MALtratado pelo próprio Comando e Governador!24 de março de 2011 13:20

    No Quartel Bombeiro Militar de Cruzeiro do Sul é difícil descansar. O Comando de lá criou um ótimo projeto chamado Bombeiro Mirim, que trabalha com crianças de escolas públicas durante alguns meses do ano. Isso é interação do CBM com a sociedade. Só tem um detalhe: esse projeto é executado às custas das praças, que tem o descanso diminuído ainda mais, não ganham nem um adicionalzinho sequer e ainda tem que cumprir normalmente a escala de 24 por 48 com expedientes nas terças e quintas-feiras.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.