segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

A PMPE poderá entra em Greve em março, afirma Cel Fonseca


Em assembleia realizada na noite dessa terça-feira, no Clube Líbano, no Pina, Zona Sul do Recife, cerca de 100 policiais militares decidiram reivindicar ao governo do Estado benefícios para a categoria. Apesar de promovida pela Associação de Oficiais, as entidades representativas dos sargentos, cabos e soldados também foram convidadas e estiveram presentes ao encontro. A pauta foi composta de três pontos fundamentais para os PMs, que exigem a implantação de subsídios para profissionais da reserva, agilidade nas promoções e reajuste salarial.
“O governo nos cobra metas e estamos cumprindo todas elas, a exemplo do Pacto pela Vida. Mas quando chega a hora de eles valorizarem o servidor, nunca temos uma resposta ou ação concreta. Por isso, reunimos oficiais e praças para termos a segurança de que todos estão juntos nessa batalha”, argumentou o coronel Eduardo Fonseca, vice-presidente da Associação dos Oficiais da PM.
Uma das questões mais delicadas é o reajuste salarial. Até o dia 23 deste mês, os PMs irão esperar uma posição do governo para a proposta enviada por eles em novembro passado. A partir da resposta, uma nova assembleia deverá ser realizada pela categoria no dia 1º de março. “Caso não cheguemos a um consenso, uma greve poderá ser deflagrada. Será a decisão mais extrema que poderemos tomar, mas não está descartada”, afirmou Fonseca.
De acordo com ele, um dos itens que toda a categoria não abre mão é a mudança no regime jurídico de implantação do subsídio. Isso fará com que o policial que recebe gratificações agregadas ao salário continue acumulando o benefício mesmo depois de passar para a reserva.
Outro ponto discutido foi a mudança no quadro de organização da corporação, com a agilização do processo de promoção. “Existem pessoas que passam anos para serem promovidas. É preciso que se dê uma oportunidade justa para todos”, afirmou o presidente da Associação de Cabos e Soldados, José Carlos dos Santos.
O JC tentou contato, via telefone, com a assessoria de comunicação da Secretaria de Defesa Social, mas os telefonemas não foram atendidos.
Fonte: JC On Line

5 comentários:

  1. CAPITÃO MORRIMENTO 201114 de fevereiro de 2011 13:20

    É Pernambuco aqui, Paraiba acolá................
    Enquanto não estiverem unidas todas as POLICIAS E BOMBEIROS DO BRASIL...... Esqueçamos melhorias !
    Os governos Estaduais ainda não sabem que no dia 13 de Maio de 1888, a FILHA de DOM PEDRO II, a PRINCESA ISABEL, aboliu a escravatura.
    Que povinho malandro e atrasado !!

    ResponderExcluir
  2. Até que enfim surgiu um coronel de verdade nesse Brasil!
    Coronel Fonseca, venha até o Acre o ensine esses oficiais lambe-botas daqui a como se comportarem com a tropa!
    Parabéns!
    Greve Jáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Eu já disse: só vai se for na pressão!
    No "diálogo" esses corruptos safados nos enganam!

    ResponderExcluir
  3. Vejam também o link
    http://www.indicedetransparencia.org.br/wp-content/uploads/2010/07/resumo_ac.pdf

    O relatório aponta como (não) funciona o site de "transparência" do governo do Acre.

    ResponderExcluir
  4. CAPITÃO MORRIMENTO 201115 de fevereiro de 2011 08:52

    Well...
    Camarada Segura a peteca, eu sou o FONSECA, muito prazer.
    Que pena eu não ser CORONEL.. Sou praça, e um praça todo remendado, cheio de parafusos, fios de aço...Cheio de dores horríveis às vezes !
    Aos poucos, os próprios Oficiais "" Superiores" estão acordando da letargia, do marasmo, da mesmice, do sono profundo de anos e anos recebendo salários menores que um soldado PM do DETRITO FEDERAL.
    Está começando a doer os calos de alguns destes SENHORES Brasil afora. O calo de alguns Oficiais Pms e Bms do ACRE também começará a latejar.
    Acordei-vos todos nós !

    ResponderExcluir
  5. É lamentável como nós somos tratodos em um país que se diz "democrático", somos uma espécie de parachoque da sociedade... Durantes anos, fomos aparelho repressor do Estado, mas é hora acordarmos e gritarnos em buscas dos nossos direitos... viva a liberdade! viva a democracia! abaixo a ditadura constutucional brasileira ainda existentes nos quarteis! Unidos, Oficiais e Praças, busquemos nosso reconhecimento e salários justos... Procuremos o melhor caminho para as nossas conquistas...
    Aqueles que pensam em greve, devem refletir melhor quanto a isso....
    DEvemos nos espelhar na PF, já pensaram numa operação padrão? Imaginemos abordagens na Av. Conde da Boa Vista, Agamenon Magalhaes e Av CAxangá? Será que haveria incomodos ao Governo de Pernambuco? Estaríamos trabalhando, porém causando muitos transtornos a popilução pernambuca e principalmente ao Governo do Estado de Pernambuco!
    Paremos onibus e abordemos a todos! Não estaríamos transgredindos normas e poderíamos causar muitos estragos dentro da legalidade.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.