quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Vítima de um descaso militar?

Policial morto na última terça havia dado ciência ao comando de que estava sendo ameaçado de morte. É o que diz um militar que trabalha no setor administrativo da PM.
Segundo o militar que pediu para não ter seu nome divulgado, Jucivan Teles havia solicitado de seu comando imediato a cautela de uma arma, que não lhe foi concedido.
“O policial enviou um documento solicitando a cautela, mas até o momento não tinha obtido êxito. Espero que esse exemplo lastimável faça nossos superiores olharem com mais responsabilidade para as necessidades da tropa que dia-a-dia se encontra nas ruas”, afirma o militar.
Nesta tarde, amigos e familiares se despediram do policial que teria seu enterro na cidade de Xapuri.

9 comentários:

  1. O nosso companheiro nem teve como se defender da agressão desses covardes, pois o mesmo estava desarmado,e esses desgraçados já sabiam disso, porque observavam que ele chegava em sua casa sem portar arma. Culpe-se por maior parte dessa covardia ao comandante da corporação, haja vista o mesmo ter pedido antecipadamente, o uso legal de uma arma para se defender, pois estava se sentindo ameaçado.

    ResponderExcluir
  2. Mandei o seguinte email para a corregedoria do Ministério Público, e espero que sirva de exemplo para todos os PMs, pois a inércia de nossas ações fará com que sejamos caça desses marginais.. Temos que mostrar quem manda nessa porcaria de estado. Se estamos morrendo, é pq o Governo assim o quer: VIDE O EMAIL

    Dr. Ubirajara, o bandido que matou o policial Jocivan na noite de ontem, foi condenado a pena mínima (vide processo 001.09.005413-0), ainda com todos os direitos das atenuantes, após cometer o crime de Assalto, sendo preso com uma arma de fogo, sendo que benefícios legais como progressão de regime e outros foram conseguidos em menos de 6 meses. Me pergunto o motivo pelo qual este órgão é tão rigoroso com as questões que são contra a polícia e contra este marginal o MP não teve a capacidade de recorrer da sentença, da qual a Juíza do caso deu a pena mínima para um crime tão violento. Resultado: mais um policial militar executado, com requintes de crueldade. Informo ainda, caro promotor, que a denúncia promovida por esse bandido (Emerson Ferreira de Lima) foi prontamente recebida por essa instituição, da qual conta que a vítima em epígrafe (Sd PM Jussivan, agora, finado Jussivan) figura como réu (vide processo 001.09.009418-3). Infelizmente, numa atuação incrível do MP, verificamos que um promotor ameaçou com 20 anos de prisão os policiais que participavam por um movimento que visava a melhoria das condições de trabalho e também melhores salários. Por favor, eu imploro como um cidadão de bem, façam valer seus altos e pompudos salários, e digo antes, digam NÃO a inversão de valores... Vocês só saberão o que sentimos no dia que os bandidos tiverem a ousadia de matar um amigo de trabalho, um familiar ou algo assim. A dor é tremenda, o descaso e a impunidade faz com que isto seja multiplicado por mil. Não queremos voltar aos tempos antigos, mas precisamos recuperar o respeito como instituição... E para fazermos de forma legal, precisamos do apoio incondicional de seus membros, fazendo valer os rigores da lei para quem descumpre a mesma. Volto a lembrá-los, esse ano já foram 3 policiais militares assassinados. Precisamos dos rigores da lei para quem a transgride.

    ResponderExcluir
  3. corregedoria.mpe@ac.gov.br

    Vamos enxer a caixa de mensagem do Ministério Público, que persegue os PMs e deixa os bandidos de verdade a solta, sem recorrer das sentenças pífias do Judiciário... O MP ameaça a AME com 20 anos e o Judiciário dá 5 meses de detençao para um assaltante.. Não dá pra entender!!!

    ResponderExcluir
  4. É foda cara! esse CIOSP é realmente uma merda, ao invés de ser um local pra receber ligações de emergência é um local para fazer teste de paciência; porra!! meu irmão de farda cara. O juiz que soltou esses caras deve ser um (***moderado***)também. E esse comandante que não dar a merda desse porte na carteira também é culpado.

    ResponderExcluir
  5. Poucos dias antes de morrer ele disse que havia solicitado ao major Rocardo uma arma pra se defender e que o comandante não estava fazendo nada pra resolver esse problema. Olha ai o resultado, comandante agora o senhor resolveu o problema, ele não vai mais precisar de nenhuma arma. Comandante Celio por que o senhor não cumpre o estatuto e da o porte de arma na carteira? Os bandidos não precisam de porte de arma, só polícia... Que vergonha meu Deus!!!

    ResponderExcluir
  6. EU PERGUNTO SE O COMANDANTE QUE É EVANGÉLICO PODE DORMIR SOSSEGADO SABENDO QUE NÃO FEZ O QUE A LEI MANDA PARA O POLICIAL, QUE É DAR O PORTE DE ARMA,ELE NÃO ASSINA CHEQUE EM BRANCO PRA NINGUEM NÉ,MAS DEVERIA ASSINAR O ATESTADO DE ÓBITO DO JUCIVAM,ISSO É UMA COVARDIA.

    ResponderExcluir
  7. AMEAC FAÇA ALGUMA COISA POR NÓS P.Ms. PORQUER DESSE JEITO NÃO DÁ MAIS PRA AGUENTAR.BRINQUEM PELO PORTE DE ARMA JÁ NA NOSSA CARTEIRA DE MILITAR. PORQUER SE VOCÊS NÃO BRIGA POR NÓS P.Ms. QUEM BRIGARÁS POR NÓS P.Ms.

    ResponderExcluir
  8. Décio Malho Neles3 de setembro de 2009 11:57

    Muitas coisas me veem à lebrança quando vi o nosso companheiro morto no chão da sua casa. Lembrei-me do dia em que um dos promotores do MP disse a pitoresca frase: "não podemos deixar eles (os PM's) tomarem o Poder". Lembrei-me também da ridícula declaração da Secretária de Segurança que disse: "Não podemos permitir que se formem milícias". Que bom seria se eles tivessem o mesmo pensamento em relação à criminalidade que avança a passos largos na nossa cidade. Daqui a menos de 5 anos estaremos dominados pela bandidagem que receberá o âmparo do Estado, pois é so para isso que tem servido o MP e outras instituições. O policial não pode andar armado porque temos uma meia dúzia de oficiais alienados que dão mais importância ao material carga da PM do que aos seres humanos que alí trabalham. Precisamos colocar mais humanismo na PM e abolir de uma vez por todas esse positivismo que faz dos oficiais seres autômatos que só usam o cérebro para aquilo que já está pronto, salvo raras exceções. Esse MJ Ricardo se acha muito inteligente, mas mandou mal nessa do policial que lhe requereu a arma. Espero que isso sirva de lição para os demais "automatos" e que eles passem a usar mais seus cérebros. Espero que o "Autômato Geral" se manque e deixe de ser (***moderado***) e (***moderado***) e cumpra a lei para conceder o porte de arma e a arma para os PM's, porque senão daqui uns dias ele vai comandar um efetivo pífio.

    ResponderExcluir
  9. Secretária de Segurança, Binho Marques e Romário Célio, vcs tem sangue em suas mãos!
    (***moderado***)!!!

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.