sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Mais de 300 policiais militares de Rio Branco deixarão de votar nessas eleições



“Militar tem dois direitos, o de não ter direito algum e o de não reclamar do direito que tem”. Essa frase ficou evidenciada na última atitude do comando da PM orquestrada pela cúpula palaciana. De acordo com as escalas de serviço publicadas nesta sexta-feira, 5, mais de 300 policiais militares não votarão nas eleições municipais em Rio Branco.

Segundo levantamento de motivos realizado pelo Blog 4 de Maio, a medida é um estratégia do governador Sebastião Viana para impedir que parte da categoria militar vote, já que se constata, entre os policiais, forte preferência pelo candidato da oposição.

- O policial militar está sendo punido ao não poder exercer seu direito de voto. Somos silenciados no dia a dia e, quando temos a oportunidade de ajudar a decidir os rumos de nossa cidade, vem sobre nossas cabeças esse golpe, declarou uma liderança militar que pediu para não ter o nome divulgado.

De acordo com os militares, em eleições anteriores, o comando da PM escalava o policial na zona eleitoral em que votava, mas este ano foi diferente.

- Eles estão desesperados. Estão a ponto de perder a prefeitura, por isso não querem nos permitir votar, porque nós queremos mudança, a tropa já decidiu o seu voto e não queremos nunca mais o PT no poder, continuou a liderança.

- Podem nos escalar longe de nossa zona, nos mandar para outros municípios, mas minha família e meus amigos votam aqui e todos nós queremos mudança, disse outro militar que estava indignado com a escala.

4 comentários:

  1. DESSA TURMA NÃO DUVIDO NADA. PT NUNCA MAIS!!!

    ResponderExcluir
  2. Sgt Isaías ciatran6 de outubro de 2012 10:29

    Quem vai ficar em Rio Branco vai votar no 45 e vai conquistar mais alguns votos para compensar os votos dos pm,s quem vão viajar. PT nunca mais.

    ResponderExcluir
  3. Quem não conhece como foi feito a escala talvez acredite na notícia postada.
    Todas as escalas facilitam ao PM votar, e dizer que mais de 300 não votarão é forçar a barra, pois é quse todo o efetivo disponível para trabalahr em Rio Branco. São notícias desse tipo que levam ao blog ao descrédito, fica o lembrete.

    ResponderExcluir
  4. Defendam e apoiem o MI - Mandado de Injunção 2541, que tramita no STF, com o Ministro Toffoli como Relator. O MI 2541 trata do voto para os PM em serviço, no dia das eleições. Amanhã, 20.06.13 teremos uma audiência com o Ministro Toffoli para tratar do assunto.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.