sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Aprendendo com Sebastião Viana


NEPOTISMO CASADO

No dia 1˚ de fevereiro de 2011, o então diretor geral do Deracre, Marcus Alexandre, atual candidato do PT à prefeitura de Rio Branco, nomeou a mulher dele, Gicélia Viana da Silva, para responder pelo Departamento de Construção da Infraestrutura de Transporte - cargo de confiança CEC–5, cujo salário é R$ 5,6 mil. Veja a "fofoca" na página 25 da edição nº 10.506 do Diário Oficial do Acre.
  

Atualização às 21h30 

- Não seja injusto, Altino. Você sabe que acabou de publicar uma mentira. Nesse período, Marcus e Gisélia (sic) não eram casados - escreveu ao blog André Kamai, presidente do PT de Rio Branco.

Meu comentário

Eles já eram amantes, namorados ou companheiros, André. Estão casados de papel passado há poucos meses? E as duas crianças que exibem no programa eleitoral? Portanto, eram companheiros. Chama-se tecnicamente de união estável. A lei equipara ao casamento civil para todos os fins legais, inclusive para nepotismo. Veja o que diz a Súmula Vinculante nº 13 do STF: "Nomeação de Cônjuge, Companheiro ou Parente da Autoridade Nomeante ou de Servidor da Mesma Pessoa Jurídica, Investido em Cargo de Direção, Chefia ou Assessoramento em Cargo em Comissão, de Confiança ou Função Gratificada na Administração Pública Direta e Indireta em Qualquer dos Poderes - e Designações Recíprocas - Constitucionalidade - Nepotismo"

Fonte: Blog do Altino

Um comentário:

  1. O PM que vota em PT e porque ta mamando na teta.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.