terça-feira, 14 de setembro de 2010

Governo do PT dá calote em Segurança Pública

“Não dá para comprar uma libra de vela”. Dessa forma irônica foi que a categoria dos Policiais Civis do Estado do Acre recebeu ontem (14), em Assembleia Geral, a decisão do Tribunal do Trabalho com relação ao pagamento dos precatórios referentes aos 40% do Plano Bresser que será pago a categoria.
- Cada policial vai receber R$ 38,00. Ou seja, tirando R$ 7,00 de advogado, cada um vai ficar com R$ 31,00 – disse Maurício Buriti, presidente do sindicato.
Buriti contou ao ac24horas que o processo se arrasta desde 1993, quando o ex-governador Jorge Viana colocou em orçamento e “ao mesmo tempo, criou uma estrutura da Procuradoria Geral do Estado para entrar com recursos”, acrescentou.
- Criaram recursos de onde não existia, tudo para prejudicar o Policial Civil – disse David Coelho, vice-presidente.
Coelho esclareceu que o montante inicial era R$ 10,8 milhões. Tinha delegado aposentado, esperando receber cerca de R$ 140 mil e que segundo o vice-presidente, saiu chorando da Assembléia realizada durante a terça-feira (14).
- Os Vianas e o senhor Edvaldo podem contar com total desprezo da categoria de Policiais Civis. Teve amigos nossos que já morreram e não se beneficiaram desse direito. Hoje seus herdeiros saíram decepcionados com a falta de compromisso desse governo com a categoria – desabafou David Coelho.
Ainda segundo Coelho e Buriti, a Justiça do Trabalho alegou que em 1987 e 1989 o governo Flaviano Melo pagou 40% das perdas do Plano Bresser, o que segundo o presidente do sindicato, “foi desculpa já que isso nunca aconteceu. Em função do não pagamento dos 20% de direito é que foram gerados os processos”, esclareceram.
Os R$ 21.000,00 que foram definidos para pagamento dos funcionários, serão divididos entre 555 servidores. David lembrou que em recente decisão o mesmo Estado definiu pagar mais de R$ 5 milhões aos funcionários do Deracre. Foram beneficiadas 249 famílias.
- O que o governo do PT deu foi um calote nos funcionários da Segurança Pública do Estado – concluiu David.
Jairo Carioca – Da Redação de ac24horas

2 comentários:

  1. Até quando essa situação vai prevalecer? Espero que não muito, hoje temos a oportunidade de nos posicionar e construir uma realidade melhor.

    ResponderExcluir
  2. capitão morrimento21 de setembro de 2010 06:00

    ENGULAM OS OVOS, AFINAL, A CULPA, O DOLO E ESTA SITUAÇÃO, É O RESULTADO DE ANOS DE COMODISMO E FALTA DE UNIÃO.
    QUANDO E SE FOREM UNIDOS DE VERDADE ALGUM DIA, SABERÃO O QUE É TER SUCESSO, PRINCIPALMENTE NOS PROCESSOS DE RESSARCIMENTO DE VALORES ROUBADOS DE NOSSOS SALÁRIOS E POR TABELA, ROUBADOS DE NOSSAS FAMILIAS, NOSSOS FILHOS E NETOS !!
    SEI O QUE ESCREVO, DESDE 1986 ME DEVEM RESPEITO E DINHEIRO.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.