sábado, 31 de dezembro de 2011

Força Nacional fará segurança do Réveillon de Fortaleza

O Governo do Ceará solicitou a presença de reforço da Força Nacional de Segurança para suprir o efetivo de policiais militares que deflagrou greve neste quinta-feira (29). Segundo o Ministério da Justiça, os primeiros homens que irão compor a força de segurança na festa de Réveillon, no Aterro da Praia de Iracema, já estão embarcando de Brasília-DF.
O Ministério recebeu a solicitação do Governo Estadual na manhã desta sexta-feira (30). Segundo informações não confirmadas, serão enviados ao Ceará 180 policiais e 80 bombeiros militares da Força Nacional de Segurança. Uma parte do efetivo viria de avião e outra por terra. O primeiro voo deve chegar a Fortaleza por volta das 19h.
Outros três voos já estariam programados para o transporte dos policiais. Dois desembarques estão previstos para este sábado (31) e mais um para o domingo (1º).
O Ministério da Justiça não se manifestou oficialmente sobre a quantidade do efetivo que ficará no Ceará durante o movimento grevista.
O comandante da Polícia Militar do Ceará, Coronel Werisleik Pontes, divulgou uma nota alegando que a greve é inconstitucional e que o governo não reconhece o movimento.
Força Nacional
A Força Nacional de Segurança (FNS) foi criada em 2004 para atuar em ações específicas, temporárias e pontuais. Ela é formada por policiais e bombeiros militares de diversos Estados, indicados pelas Secretarias de Segurança.
A FNS é acionada sempre que situações de distúrbio público, em qualquer ponto do território nacional, requerem sua presença. Porém, é necessária que exista a aprovação do governador do Estado na sua utilização.
Não há prazo limite para a presença da Força nos Estados. Isto depende, exclusivamente, da gravidade da situação. Ela já esteve presente em grandes operações pelo país, como a contenção de rebeliões em presídios do Espírito Santo e do Mato Grosso e durante a onda de ataques a facções criminosas no Rio de Janeiro, no ano de 2007.
Atualmente, um dos principais focos de operação da Força Nacional de Segurança são cidades localizadas no entorno de Brasília, como Águas Lindas, Cidade Ocidental, Nova Gama e Valparaíso. Neste caso, as ações são voltadas ao combate do alto índice de assassinatos na região. A presença da FNS nos municípios já dura mais de oito meses.
Fonte: Jangadeiro On line

Um comentário:

  1. só sei que em BRASILÉIA ELES NÃO FAZEM NADA.....

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.