sábado, 30 de janeiro de 2010

Bolsa Olímpica: Tarso sugere que estado complete salários
Ministro diz que adesão de estados é voluntária e que problema de hierarquia deve ser resolvido por governo local
Rio - O ministro da Justiça, Tarso Genro, sugeriu ontem que possíveis insatisfações salariais geradas pelo Bolsa Olímpica devem ser solucionadas pelo governo estadual. Como O DIA noticiou ontem, agentes de patentes inferiores vão ganhar mais que alguns oficiais quando começarem a receber o benefício mensal de R$ 1, 2 mil, restrito a quem tem salário de até R$ 3.200.
O ministro alega que a bolsa não atrapalha a hierarquia salarial das corporações — policiais, bombeiros e guardas municipais têm direito à gratificação —, já que não é considerada vencimento do servidor. “O policial não leva isso para sua aposentadoria, não faz nenhum desconto previdenciário disso”, disse ele.
Apesar da avaliação, Genro considera que o estado pode arcar com a diferença salarial já que não é obrigado a entrar no programa. “A bolsa não é uma imposição da União. O estado que sentir que tem problema em relação à categoria pode pedir a inscrição desse superior no sistema de bolsa (nos cursos) e o estado paga a bolsa para ele, um valor para compensar essa diferença. É uma despesa que o estado pode fazer sem problema. Isso pode ser resolvido facilmente pela autoridade local”, afirmou o ministro, ressaltando que é o estado que vai escolher quem terá direito à Bolsa Olímpica.
Tarso deixou claro que o estado que aderiu ao programa é obrigado a aprovar projeto para garantir até 2016 que nenhum policial ganhe menos de R$ 3,2 mil. O projeto vai também viabilizar pagamento da bolsa. “A bolsa cria relação de compromisso para que os estados cheguem a um piso decente”, disse Genro. Embora o decreto tenha gerado dúvidas, o ministro disse que ele é claro e não sofrerá alterações.

Seleção exclui quem responde a processo
A regulamentação do decreto da Bolsa Olímpica será publicada dentro de 15 dias. De acordo com Tarso Genro, o documento vai determinar os critério que o estado deve usar para a selecionar os policiais e bombeiros que receberão o Bolsa Olímpica e como ela será paga. Policiais que tiveram condenações ou processos administrativos e penais nos últimos cinco anos não poderão participar.
“Queremos estimular os policiais que tenham uma ficha de serviço de qualidade. É um elemento seletivo inclusive porque ajuda as corporações a organizar seus sistemas disciplinares”.

8 comentários:

  1. rocha entrega os ponto que a PM toda ta com Braga

    ResponderExcluir
  2. caio disse:é mais uma vez ,vai ser beneficiado aquele policial que não é operacional(trabalha na rua),pois o policial que trabalha atendendo ocorrencia e que se esforça para atender a sociedade,não vai se encaixar,com isso é mais um estimulo para nos policiais cumprir o nosso serviço igual a estatua da justiça(cega),pois o governo tem incentivado aqueles que não trabalha,pois qual o policial de rua,que nos ultimos cinco anos não respondeu algum processo,mesmo que este não tenha cido transitado e julgado?amanha será inocentado mas vai perder a bolsa.essas cabeças pensantes é uma comedia,cerebro que é bom passou longe,ou queimou na juventude nas passeatas fumando canabissativa

    ResponderExcluir
  3. rogerio fala por vc meu irmão,pois a pm toda ta com o braga engasgado na guela.tu é rogerio da onde mesmo hem,deve tá recebendo algum tambem

    ResponderExcluir
  4. É assim mesmo: ninguém frequenta o blog dos vendidos para o governo e então eles vêm aqui pra postar bobagens...
    Apresente a pesquisa de opinião comprovando que a PM toda está com esse ladrão travestido de evangélico.
    Não há pesquisa e nem apoio ao ladrão, quanto mais acesso ao blog dos vendidos...

    ResponderExcluir
  5. Quem disse isso pra vc seu Rogério pústula. Fala sério, vai atrás de lamber as botas do PT. Pessoas como vc, são a vergonha pra PM. Sai Fora Vacilão,vai atrás de um ovo dos grandes para babar.

    ResponderExcluir
  6. Para quem está acompanhando as merdas que o Praga vem fazendo, leiam essa matéria na íntegra no jornal "A Tribuna" do dia 30 de janeiro
    ( http://www.jornalatribuna.com.br/MostrarNoticia.do?id=1969&ano=2010&mes=01&dia=30)

    Descrédito
    Para tentar mostrar que Rocha estaria sozinho, Braga segue informando no blogue (XXXXXX) que um dos membros do Conselho Consultivo, o major Amarildo Nascimento, pediu afastamento. Segundo o presidente da AME, todos os oficiais e os outros membros do Conselho verificaram que as acusações são vazias, por isso teriam abandonado Rocha.
    Por telefone, Major Nascimento desmentiu Braga, afirmando que pediu afastamento por conta dos constantes rachas. “Pedi o afastamento porque existe um racha dentro da AME, mas apoio o major Rocha, sou amigo dele. Também acredito que existem irregularidades nos gastos com combustível que foram feitos na gestão de Braga”, respondeu o oficial.

    ResponderExcluir
  7. Esse ROGERIO(com certeza é nome fictício) fez alguns comentários no novo Blog, elogiando o PRAGA, querendo dizer que é de Sena Madureira, só que tenho certeza que em Sena não tem esse tipo de gente não. Vc sozinho não represnta a PM não, vc é uma minoria, creio que algo entorno de 5%.

    ResponderExcluir
  8. O ROGÉRIO QUIS DIZER : A PM TODA TÁ COM "PRAGA". POIS É ISSO QUE ELE É PARA A TROPA. VOCÊ ENTROU NO BLOG ERRADO, POIS LUGAR DE PESSOAS COMO VOCÊ, É NO WWW.HOSMAC.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.