quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Major Rocha denuncia as péssimas condições em que se encontram as munições utilizadas pela PM do Acre


Em sua peregrinação nos quarteis da PM, o deputado Major Rocha está se deparando com cenas cada vez mais lamentáveis. O parlamentar denunciou na noite de ontem, 20, através de sua página pessoal no FaceBook, as condições em que se encontram as munições utilizados pelos militares de Senador Guiomard, município localizado a 24 quilômetros de Rio Branco.

Apresentado ainda um bom conhecimento da área militar relatando o que viu em uma linguagem simples, Rocha explica que o desgaste das munições ocorrem “pelo tempo de manuseio, carregamento e descarregamento após cada serviço, isso faz com que a parte superior da munição (ponta, chumbo ou projétil) entre na parte inferior (estojo ou casca), conforme mostra a foto, tal situação pode ocasionar uma falha na alimentação das armas”.


O que o deputado esqueceu de mencionar foi que não existe uma política do governo e do comando para trabalhar na substituição das munições em tempos determinados. O carregamento constante, aliado ao tempo decorrida, de forma evidente que trará prejuízos e riscos para a sociedade e para o próprio policial, como adverte o parlamentar.

- [...] a munição calibre .40, disponibilizada para o serviço dos policiais militares de Senador Guimard é velha e, em sua maioria, danificada. Essas munições, que é utilizada em armas automáticas e semiautomáticas (pistolas, carabinas e submetralhadoras) da Polícia Militar, pode ocasionar um incidente de tiro e colocar a arma momentaneamente fora de combate e acarretar risco de vida para o policial e para terceiros, dependendo da situação em que ocorra a referida pane.

Contado com a experiência Policial Militar, Rocha levanta também a hipótese de que as munições foram recarregadas, o que a torna imprópria para a atividade de rua, servindo apenas para treinamentos em cursos de formação.

- Ficou evidente, ainda, que algumas munições utilizadas pelos policiais militares de serviço apresentam características de munições recarregadas e nesse caso improprias para o uso no serviço policial. Basta ver munições com a ponta de chumbo e sem nenhum tipo de cobertura metálica. Não bastassem todos esses problemas, os militares que estão entrando de serviço ainda tem que esperar aqueles que estão saindo descarregarem as munições para poder cautelar novamente. Isso mesmo, as munições não são suficientes para todos. Aproveitando a oportunidade, gostaria de deixar a pergunta ao Governador Sebastião Viana e ao Comandante da Polícia Militar: Será que eles deixariam um filho deles ir para o enfrentamento com os criminosos com munições velhas e danificadas?

2 comentários:

  1. Parabéns, Deputado!
    Sempre atento a um dos seus deveres que é fiscalizar!
    Pra variar, você mostra o descompromisso e a irresponsabilidade desse governo e dos seus asseclas com a vida dos profissionais de Segurança Pública.

    ResponderExcluir
  2. CLODOMIR CELESTINO DE ARAÚJO23 de novembro de 2013 07:18

    Um bom dia a todos os militares do acre. Maj. Rocha continue assim mostrando os descasos do governo do acre contra a nossa instituição pois, nos policiai militares só temo o senhor pra nos defender. Bom meus amigos da PM, quero informar a todos que a partir do dia 21 deste mês, mês de novembro este amigos de vocês conhecido estadualmente como ST, CLODOMIR passou para a reserva remunerada, Depois de 30 anos de serviços prestado ao estado e sobretudo a sociedade acriana e, mesmo assim como todos vocês sabem sem o minimo de reconhecimento nem pelo estado e muito menso pela Instituição é a mesma coisa que sair um cachorro de uma matilha, tanto faz como tanto fez, você se desdobra em mil pra satisfazer a vontade do governo e dos comandantes gerais pra que seus nomes sejam glorificados, exaltados e reconhecidos pela população enquanto você sai de casa e nem sabe se volta ou não, eles estão em suas salas no ar-condicionado e ganhando bem, eu entrando pra reserva eles nem me conhecem mais, pra eles sou um zé ninguém, menos para meus colegas e amigos, estes eu sei que onde me verem falaram comigo, conversarão comigo, apertaram minha mão e perguntaram como eu estou, mais isso já me basta por que foi com eles que passai varias e varias noites acordados em uma RP ou em cima de uma moto, foi com eles que eu passei por vários perigos e nos safamos, foi com eles que eu sempre pude contar pra me defenderem e fazer minha segurança nas abordagens de risco ou não, foi com eles que eu pude contar pra me defenderem nas inúmeras sindicâncias as quais nem foram investigada pela corregedoria pra ver se tinha fundamento ou não, foi com eles que eu sempre pude contar pro que desse e vinhese, foi com eles que eu enfrentei várias e várias ocorrências perigosíssimas, enfim foi com eles que eu sempre pude contar nas piores situações possivéis e graças a DEUS que com a ajuda de todos eles conclui meus 30 anos de serviços sem nem um arranhão e com muita saúde, deixo aqui meus sinceros agradecimentos a todos os meu amigo e colegas de farda mas no dia em que precisarem de mim eu estarei em minha casa para ajuda-los. ST CLODOMIR O ANTI-PT

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.