segunda-feira, 19 de julho de 2010

Ação social e Diretoria de Saúde da PMAC ciclo de palestras

Parece que a Polícia Militar do Acre está acordando para situações gritantes que ocorrem dentro da instituição. Amanhã, a partir da 07h00min, no Teatro Plácido de Castro (Teatrão), a Ação Social e Diretoria de Saúde realizam um ciclo de palestras destinado aos policiais e bombeiros militares.
Dois assuntos amplos serão debatidos. O primeiro acontece no dia 20 (terça-feira), das 07 às 12h, e terá como público os alunos soldados e alunos sargentos em curso no Cieps. O tema da primeira palestra é Prevenindo as doenças cardiovasculares. O assunto irá abranger a insuficiência cardíaca, arritmias, angina, aneurisma da aorta, colesterol ruim, dentro outros. É pena que nos cartaz de divulgação não conste que esse assunto seja debatido também para todos os militares.
Com base nos últimos levantamentos da Polícia Militar sobre os motivos de morte dos policiais, os problemas no coração estão entre os primeiros. Devemos levar em consideração que isso não se dá somente pela falta de cuidados dos militares, mas por um conjunto de fatores como a genética e estresse que o serviço lhe causa. Discutir, então, formas de se cuidar do coração sem combater os motivos que levam a esse mal e que a instituição colabora é repassar toda a responsabilidade para o policial, o que está intimamente ligado ao segundo tema.

Orientação finenceira


Ainda no dia 20, das 14 às 18h, os alunos do Cieps terão contato com o tema Orientação Financeira Familiar. A grande maioria dos militares estaduais poderá participar apenas na quarta-feira, dia 21, a partir das 8 horas da manhã com término às 12 horas. Ainda não sabemos que os batalhões irão escalar ou se os militares irão por livre espontânea vontade.
Hoje, cerca de 60% dos militares pagam pensão alimentícia, de acordo com os dados repassados por pessoas que trabalham com a folha de pagamento na PMAC. Existem policiais que não tiram um único centavo sequer do salário que labuta por mês. Essa orientação financeira não virá a extinguir de vez com o problema, mas vem alertar sobre os perigos de se envolver com empréstimos, pensões e dívidas diversas. Os temas são perfeitamente pertinentes e deveriam ser tratados como políticas públicas dentro da PM e do Corpo de Bombeiros, ou seja, não deveriam parar somente em palestras, mas devem ter outros meios pra que os trabalhos continuassem trazendo soluções práticas para combater o problema.
Os administradores desse blog sabem da luta incansável dos bons policiais da Ação Social, ressalto o nome do sargento Dos Anjos, e sabemos que para eles essas palestras já são o início de uma grande vitória. Louvável a idéia.

2 comentários:

  1. Cap PM R/R Mário21 de julho de 2010 05:38

    Parabéns pela iniciativa!
    Ação social é isso. Preocupando-se com o bem-estar do PM/BM, não só como indivíduo, servidor público, cidadão, mas, também, como ser que faz parte da célular mater, a família.
    Sugestão: Precisamos criar mecanismo que prepare o PM/BM para ingresso na inatividade (reformados e reservas). Muita gente causando desestrutura familiar, alcoolismo e drogas ilegais, causando pela ociosidade, etc...

    ResponderExcluir
  2. TALVEZ O STRESS DOS SERVIÇOS NOTURNOS COLABORE COM OS PROBLEMAS CARDIÁCOS, CONTUDO O SER HUMANO DEVE SER COMEDIDO NA BEBIDA E NA ALIMENTAÇÃO PARA EVITAR PROBLEMAS FUTUROS MAS TEM GENTE QUE NÃO CHEGOU AOS 40 E JÁ ESTÃO COM UMA BARRIGA DESPROPORCIONAL, HAJA CORAÇÃO PARA AGUENTAR OS ABUSOS COMETIDOS FORA DO SERVIÇO DA PMAC.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.