sábado, 5 de maio de 2012

Responsabilidade social


Cidadão Mirim resgata e prepara jovens para promoção da Paz em Sena

GEDC0025A Polícia Militar de Sena Madureira mostra uma vez que o combate ao crime não se encontra somente na repressão, mas, sobretudo, no trabalho preventivo. O Projeto Cidadão Mirim, desenvolvido pela unidade e coordenado pelo sargento Sinval de Almeida Dantas, é um bom exemplo disso.
Segundo o militar, mais de 150 crianças já passaram pelo projeto e apenas uma delas se envolveram em questões criminais.
- Aqui nós trabalhamos para livrar os adolescentes do crime e orientar antes que o traficante o faça. Graças a Deus nós estamos conseguindo isso, declarou Sinval.
No projeto, os adolescentes recebem aulas de informática, educação religiosa e orientação espiritual, além de praticar esportes. O coordenador não esconde a alegria de desenvolver a atividade, mas também não esconde suas preocupações.
- A gente está correndo o risco de acabar com nosso projeto por falta de dinheiro. Os repasses dados pela maçonaria local já estão acabando e não temos mais a quem recorrer, afirmou.
Atualmente, cerca de trinta e cinco crianças, entre 12 a 14 anos, fazem parte do projeto.
- Nosso comandante, major Moncada, nos dá apoio, mas estamos tentando ainda assim que fazer com o projeto não acabe. Todos os dias recebemos pais de família pedindo para inscrever seus filhos no projeto, mas não temos mais espaço e nem condições financeiras para suportar as despesas, lamentou o militar.
O sargento Isaque Ximenes, presidente da AME, acompanhou o projeto quando esteve em Sena Madureira e se encantou com as atividades.
- Esse é um projeto que deve continuar, a segurança pública também passa por ações bonitas como essas que são desenvolvidas em Sena. O sargento Sinval está de parabéns pela atitude e coragem de levar o trabalho pra frente, elogiou Ximenes.
Fonte: Site da AME/AC

4 comentários:

  1. Um projeto desse não pode acabar. As instituições tem que se mobilizar e fazer crescer cada vez mais!Na minha opinião, todos municípios tinham que aderir essa idéia, porque assim, o estado estara projetando futuros cidadãos.

    UMA NOVA VISÃO.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.