terça-feira, 8 de maio de 2012

Deputado de Rocha


Estado será acionado na Justiça por negligência na morte de sargento que participava de operação policial militar

8 de maio de 2012 - 11:21:38
Ray Melo,
da redação de ac24horas
raymelo@ac24horas.com
Familiares do sargento Deusimar, que faleceu na manhã de domingo, 06, vítima de uma infecção hospitalar entrará na Justiça acusando o Estado, de negligência no atendimento de equipe médica e falta de equipamento no Pronto Socorro.
A informação é do deputado Major Rocha (PSDB), que usou a tribuna da Aleac, na manhã desta terça-feira, 08, que denunciou a falta de um aparelho de Raio X, na unidade de atendimento de emergência da capital do Acre.
“O policial foi encaminhado ao Pronto Socorro, por um veículo particular, já que a viatura do Samu demorou em fazer o atendimento. Chegando ao local por volta de 4h, se deparou com a de um Raio X para averiguar uma fratura interna”, diz Rocha.
Segundo o parlamentar, o sargento teria saído por volta de 9h do PS, para fazer um Raio X na Upa, em um aparelho portátil. As fraturas do policial só foram confirmadas, após a realização do mesmo exame em um hospital particular.
“Quem matou o Deusimar foi o sistema de saúde que não tem um aparelho de Raio X, num hospital da capital. Só detectaram que ele tinha lesões graves, no outro dia. Mesmo o paciente reclamando de dores no abdômen foi colocado em observação”, destaca o deputado.
De acordo com Rocha “a negligência vai ser cobrada na Justiça. É inadmissível que uma pessoa que procure atendimento em um pronto socorro, morra por negligência, tanto por parte do Estado, quando por parte da equipe médica. Vamos até as últimas consequências”.
Fonte: AC24Horas

2 comentários:

  1. Parabens ao nosso Deputado por continuar sendo a nossa voz na casa do Povo, fazendo o grito dos excluidos milicianos acreanos ecoar retumbantemente, como tb a nossa AME, na pessoa do aguerrido irmão ISaque. Não podemos dx barato o que aconteceu como nosso irmão Deulzimar, nada poderá trazer à vida do nosso amigo, mas que pelo menos esta dor da perda seja amenizado pelo sentimento de Justiça.
    Conclamos nosso Judiciário, O MP, que parem de fazer vista grossas a esta realidade cruel, qts herois e qts inocentes anonimos não tem tomabdo em nosso Estado por mesmo motivo?
    Ah e o pior na midia comprada local a noticia foi essa: "depois de ter TODO atendimento e acompanhamento médico veio a óbito".
    Nesta hora tenho vergonha de ser acreano....

    ResponderExcluir
  2. Capitão PM RR Mário9 de maio de 2012 08:05

    É ISSO AÍ MAJOR! JUSTIÇA NOS PTRALHAS!

    Acompanhei o caso distante, já que me encontro no RJ, a tratamento de saúde de minha esposa. O que mais nos revolta é falta de prestígio da PM nesse governo, se fosse alguém do "peitinho" dos PTRALHAS seria acionado os melhores profissionais e a melhor clínica particular. São nessas horas que precisamos de Cmt (Geral, da OPM e da Policlínica) que se preocupem com o ser humano PM, afinal estava em serviço. O estado em que se encontrava Deusimar, requeria urgência e emergência com qualidade. Afinal, queiram ou não, a negligência e a condições hospitalares contribuiram, em muito, para a morte desse companheiro.
    Infelizmente, como dizia o saudoso Dr Mário Maia, A SAÚDE DO ACRE ESTÁ DOENTE NA UTI. Há muitos ano, hein! Coitado de quem precisa dela!
    Concordo com o comentário do anônimo fico também imaginando a saúde do AC com os médicos de Cobija. Lá só precisa de dinheiro pra entrar no curso. Na UFAC,apesar de formação deficitária, pelo menos passam por um vestibular concorrido.

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.