sábado, 4 de fevereiro de 2012

Estão caindo

Polícia Federal prende suposto assessor parlamentar com mais de 10kg de cocaína na BR 364

Na noite de 31 de janeiro, após receber denúncia anônima, a Polícia Federal no Acre interceptou um carro, transportando mais de 10kg de entorpecentes, na BR 364, próximo à Balança do Rio Liberdade.
O motorista, M.S.N., que segundo informações trata-se de Marcelo Silva Neves, assessor do deputado Ney Amorim, foi preso em flagrante levando a droga escondida atrás do banco traseiro do veículo, um Celta cor preta, que partiu de Cruzeiro do Sul com sentido a Rio Branco.
Conforme relatado na denúncia, além do motorista, o carro transportava uma mulher e duas crianças, que foram encaminhadas à Rio Branco em ônibus de linha.
Fonte: Tribuna do Juruá

9 comentários:

  1. Ano eleitoral.....novos assessores

    ResponderExcluir
  2. E aí? O Deputado que compra votos está ou não envolvido? Sabia ou não do envolvimento do assessor?... Vai dizer que não sabia de nada. E o Hildebrando está preso acusado de que?

    ResponderExcluir
  3. Falando o nome desse deputado, pra mim já se explicou tudo, sem mais palavras...

    ResponderExcluir
  4. Alguns comentários ficaram de fora, mas os dedos coçaram para publicá-los, eram muito pesados. Lamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkk, boa admin....

      Excluir
  5. Que é isso blogueiro? Tá com medo? todo mundo sabe disso, acho que tem até BO, pergunta pra galera do BOPE, o filho dele é vagabundo sim! drogado sim! esse deputado e outros da FPA, são drogados sim! cadê a liberdade de expressão?

    ResponderExcluir
  6. este deputado so deve ser do PT PARA QUE SEU NOME FIQUE EM SECRETO .

    ResponderExcluir
  7. ja me sei quem é o tal peputado é o NEY AMURIM DO PT .ÉPORISTO QUE O POVO SABE QUE ESTA TUDO DOMINADO

    ResponderExcluir
  8. QUEM LEMBRA DO CASO EUDO LUSTOZA/?????????? ELE FALOU DE QUEM ERA A PUEIRA QUE ELE CONDUZIA/??????? TEM MÃO DE PULITICO DA FPA .QUE TIROU ELE DO XILINDRO ?????????????? ESTA NO PODER

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.