quarta-feira, 27 de março de 2013

AME participa de solenidade de passagem para reserva de policiais militares


Membros da Associação dos Militares estiveram na semana passada em Plácido de Castro participando de uma homenagem ao tenente da PM José Nascimento Lima que passou para a reserva remunerada. Na oportunidade, policiais militares que já estavam na inatividade também foram lembrados.
O presidente da AME, sargento Isaque Ximenes, em nome de todos os associados, os serviços prestados pelos militares e observou as dificuldades porque passaram cada um dos homenageados no dia a dia na caserna.
- Todos passaram por momentos difíceis e com garra e disciplina conseguiram chegar nesse momento com vida e saúde. Todo militar quando chega em um dia como este deve, agradecer a Deus pela vida, já que nossa profissão é árdua. Todos os militares e a sociedade agradecem os servidores dos senhores que hoje são homenageados pela passagem para a inatividade.
A solenidade foi organizada pelo comandante de Plácido de Castro, tenente Jamisson Neri, e contou com a participação do comandante da PM, coronel José dos Reis Anastácio.
- Gostaria de agradecer aos policiais militares que hoje estão passando para reserva, agradecer também a todos os policiais de Plácido de Castro que muito tem contribuído para a segurança pública de nosso estado. Vocês ajudaram a alcançar bons índices colaborando com outras unidades que não conseguiram alcançar suas metas, pontou o comandante da PM.
Após a formatura, os militares participaram de um café da manhã organizado pelo comando de Plácido de Castro e patrocinada pela AME.
Fonte: Site da AME/AC

Um comentário:

  1. Clodomir C . de Araújo28 de março de 2013 20:41

    Parabéns a AME por essa iniciativa,hoje o policial vai pra reserva como simplesmente estivesse saido de serviço, si e cvai enbora, até pq ele só serve para o estado, para a PM e para a sociedade se ele estiver com saúde e de serviço, semana passada mesmo o SGT Araújo Lima foi pra reserva, e foi exatamente assim, como ele estava saindo de serviço simplesmente saiu e foi pra casa dele, se quer alguém disse pra ele "vá em paz amigo e que deus te acompanhe daqui pra frente, como ele vem te acompanhando ao longo destes 30 anos." Na minha concepção deveria o Cmt geral fazer uma formatura geral para que todos pudessem se despedirem do companheiro que estivesse saido pra reserva, isso seria o minimo do minimo que poderiam fazer, mais na verdade eles nem sabem que estamos indo pra reserva, nem se importam com o bem estar dos companheiros de farda, isso doi amigos.



    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.