quinta-feira, 12 de abril de 2012

Perseguição petista

Militares perseguidos pelo governo do PT serão interrogados em junho pela Auditoria Militar



Os quatorze militares indiciados pela paralisação de 24 horas da PM e do Corpo de Bombeiros, no ano passado, receberam, nesta semana, uma intimação para serem interrogados, no dia 26 deste mês, na sala de Sessões da Auditoria Militar.

De acordo com o documento expedito pelo Ministério Público, os milicianos estão sendo acusados de infringirem o artigo 149, inciso III, alínea “a”, do Código Penal Militar, que a afirma:

“Art. 149. Reunirem-se militares ou assemelhados:
III - assentindo em recusa conjunta de obediência, ou em resistência ou violência, em comum, contra superior”.

A perseguição petista se configura de maneira muito clara. Junto com o comando da PM que pouco faz para melhorar a vida e o trabalho dos policiais, Tião Viana disparou seu veneno sobre quatorze pessoas escolhidas no meio de mais de mais de mil manifestantes.

- Tião Viana e o coronel Anastácio não queriam que a paralisação fosse eternizada como uma luta por direitos. Como a paralisação aconteceu nos dias 13 e 14, eles escolheram o dia 14 para indiciar quatorze. O dia 13 não foi escolhido por ser a legenda deles, aquela que será esquecida pelos militares nas próximas eleições, disse uma liderança militar.

Para o deputado Major Rocha o que está acontecendo não é somente perseguição, mas também uma forte demonstração de vingança uma vez que as lideranças militares não se sujeitaram a cooptação.

- O governo está perseguindo pessoas de bem, bons policiais militares que dedicaram a maior parte de suas vidas defendendo vidas e direitos, inclusive os do próprio governador. Neste caso, não tem como não pensar em vingança, além de ser um contrassenso já que eles mesmos foram os maiores motivadores de greves e paralisações, declarou Rocha.

O parlamentar tucano declarou ainda que não vai descansar enquanto esse processo não for finalizado em favor dos pais de família indiciados.

- Não estou junto somente no mesmo processo, mas junto em tudo que for necessário, finalizou o deputado.

4 comentários:

  1. Capitão PM RR Mário12 de abril de 2012 09:28

    Aguardem o troco PTRALHAS. Já falei e volto, A ASCEN
    SÃO DO PT/AC AO PODER, SÓ NOS TROUXE DESPRESTÍGIO, vejam: 1) instalações do QCG abandondas; 2) instalações do 1º BPM foi tomada; 3) se apossaram de boa parte da área do antigo CFAP; invadiram a vila militar. É bom que se diga que os oficiais não moram de graça lá; 4) Jogaram um BPM no antigo prédio da delegacia,
    onde não tem as mínimas condições física e de acesso e garagem das VTR; 5) quartéis do interior abandonados, os que não estão assim, porque os próprios PM ou Prefeitura ajuda.
    Além de tudo isso, após o Comando do Cel Gilvan, todos que assumiram foram desprestigiados e não tem voz, são apenas elos entre o governo e a tropa.
    Apesar do Cel Anastácio declarar que a manifestação era de cunho político, inoportuna e de um pequeno grupo, foi necessário, se não fosse não teríamos chegado ao percentual, já que de início a equipe governamental alega que não poderiam conceder mais que 1%. E isso não foi mérito de Major Rocha ou Cmt Geral, foi de parte da tropa, inclusive os 14. Claro, se não fosse o apoio de nosso parlamentar não teríamos nos manifestados, já que foi um grande incentivador. ISSO TUDO QUE ESTÁ ACONTECENDO É PERSEGUIÇÃO.

    ResponderExcluir
  2. Meus irmãos com todo respeito a nós, que participamos daquele movimento, nunca nunca mais eu vou colocar minha cara pra bater depois de toda aquela manifesação a unica coisa que vamos ganha e cadeia, enquanto os oficiais so regalia, gratificação de posto de cmd.promoções, enquanto os praças e arrocho na escala, nada que a ame, diz que faz da efeito estou desacreditado na ame s o vali o que o cel que e nos temos que obdece e calado ser não vamos pra cadeia ou detido ainda tem alguns indiotas que diz que a pm. mudou sempre vai ser dos oficiais, isso e um desabofo de praça que sempre deu o sangue pela policia.

    ResponderExcluir
  3. se sobra cadeia pros praças quem vai da são os oficiais que eles que votam na hora da centeça na auditoria militar, o voto do promoto e do juiz são so dois, então que dizer que a cadeia quem vai da na realidade e o governado ja que e representado pelos os oficiais

    ResponderExcluir
  4. Enquanto isso Tião Mengana leva 60 pra passear na Itália...
    Pé na bunda desses ladrões petistas em 2012 meu povo!
    Bocalom neles, pra eles ficarem com o ** que não passa um poste em 2014!!!!

    ResponderExcluir

Evite palavrões. Dê seu apoio, faça a sua crítica, mas com respeito a todos.